Mostrando postagens com marcador acampamento. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador acampamento. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 24 de novembro de 2015

Feriado no acampamento, supresas boas!



Quando você pensa em acampamento o que vem a cabeça?

Uma barraca e uma noite cheia de mosquitos, e cheia de desconforto rs 

Era isso o que eu pensava, até que o Acampamento Paiol Grande apareceu e me fez mudar essa perspectiva. Eu já sabia que seria uma experiência totalmente diferente das que já tive, porque, lá não tem barraca não, tem chalés, onde você divide com outras pessoas as noites que passa por lá.

Estivemos nesse último feriado no Paiol, na temporada de famílias que acontece uma vez por ano. 

Para essa temporada as mães ficam em um chalé, os pais em outro, e as crianças ficam divididas por idade e sexo. 

Alezinho autônomo que já é, chegou, conheceu o monitor do seu quarto e já foi conhecer o chalé Outono que ficaria hospedado com muitos outros meninos. Não demorou nem um pouco para se enturmar e já estar junto com as outras crianças. 

Eu, minha mãe e minha filha ficamos no chalé Primavera, junto com outras blogueiras que também foram convidadas a conhecer o Paiol. Duas delas eu já conhecia, e posso dizer que conhecer as pessoas mais de perto, foi muito bacana!


Dentro do chalé, beliches e ao final do corredor o banheiro grande


E então após nos acomodarmos, fomos conhecer o Paiol e ver a grandiosidade do lugar.

Piscina, quadras, refeitório, cavalos, cachoeira, ginásio, patins, arco e flecha, parede de escalada....um feriado incrível!

A piscina é enorme, e tem uma ilha no meio

Ginásio, onde aconteceram muitas brincadeiras, inclusive andei de patins rsrs


Passeio a cavalo, a Té amou!

Circuito Kart, Alezinho dando um rolê
A turma do chalé outono, (onde Ale estava) cantando a música do bom dia.


Sem contar a vista linda da Pedra do Baú, Bauzinho e Ana Chata, patrimônios de São Bento do Sapucaí.

Baú e bauzinho, consegue encontrar o cachorro deitado?


No Paiol todo mundo se ajuda, todo mundo se cumprimenta, todo mundo participa. E essa foi uma das coisas que mais me chamou atenção. Estamos vivendo tempos individualistas, e quando entrei naquele lugar, percebi o quanto o ser humano ainda pode ser bom.

Durante as refeições, todos ajudam a retirar a comida, a limpar a mesa, todos agradecem antes de cada refeição. E depois todo mundo canta, faz batidas paioleiras na mesa, sai e deixa o lugar impecável! 

Durante o primeiro jantar, quando chegamos


Além de que as pessoas sempre estão sentando em outras mesas, contando um pouco de sua vida, de suas histórias paioleiras, porque o público é fiel! 

A maioria das pessoas que vão para o Paiol já o fazem a mais de 50 anos, e isso vem passando de geração em geração na vida deles. Mas eles não te viram a cara pq já são Paioleiros, eles te acolhem, e te fazem sentir um Paioleiro também!

Eu ia escalar a Ana chata na sexta feira, mas a chuva não deixou, um bom sinal de que preciso voltar em breve para fazer o que não consegui né :D

Na última noite, após muitas brincadeiras, fomos todos para a fogueira, onde todos em volta refletiram sobre a estada no Paiol, sobre o que aprenderam, e sobre as vidas que conheceram, enfim, uma reflexão que nenhum outro lugar que eu já tenha viajado fez. Falou-se sobre amizade, respeito, aprender a dividir, compartilhar e sobre esperança de que ainda existem boas pessoas, e que o mundo aqui fora, pode ser melhor!

Fogueira. Essa foto foi tirada pela Andréa do blog Coisas da Lara, obrigadaa S2


Não posso deixar de dizer que o Paiol Grande também faz um trabalho incrível,recebendo crianças da AACD todos os anos!! 

Se o Paiol Grande vai deixar saudades pra mim? Já deixou! Por isso, pretendo voltar :D

Related Posts with Thumbnails

Blog Dri Viaro - Família, viagens, gastronomia e cotidiano © 2008. Template by Dicas Blogger.

TOPO