Mostrando postagens com marcador passeio. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador passeio. Mostrar todas as postagens

domingo, 29 de outubro de 2017

Passeio de lancha em São Paulo

Já pensou em ter uma experiência super diferente passeando de lancha pela represa do Guarapiranga em São Paulo?

Eu e minha família fizemos este passeio e recomendamos para toda família, casais e até uma turma de amigos que queira fazer um churrasco ou happy hour!

Utilizamos os serviços da VivantSP que proporciona todo conforto, segurança e tranquilidade em seus passeios. Fizemos o passeio pela manhã com direito a café da manhã e parada para apreciar toda a paisagem em torno da represa do Guarapiranga.



Funciona assim: você escolhe quanto tempo vai durar seu passeio; se será apenas passeio ou passeio com café da manhã, ou almoço, ou jantar, ou churrasco, e até mesmo pernoite...



As opções são as mais variadas e o valor muito bacana! Uma hora para o casal custa 200 reais e demais 180,00 por hora. (para valores com refeições é necessário consultar valor por pessoa). Também há valores diferenciados para crianças.



O ideal é fazer uma passeio de 2 horas, pois não é apenas um "passeio" mas também uma aula sobre a represa. O Adrian que nos levou, mostrou os principais pontos e contou histórias super interessantes!



Além disso, você também pode nadar na represa ou utilizar o stand up pudlle (cortesia) durante uma parada no passeio. O Adrian me contou que dependendo da quantidade de horas contratadas, ele leva um bote, ancora a lancha e sai do barco deixando os clientes em total privacidade.

Realmente é um passeio que vale a pena!
Fica a dica também como presente de aniversário, natal, dia dos namorados, enfim, qualque ocasião ;)


segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

15 museus brasileiros que valem a viagem!


Já que as férias estão chegando, confira essa lista de 15 museus que vale a visita ;)



1 - Instituto Inhotim, Brumadinho (MG)
Considerado o maior centro de arte contemporânea a céu aberto do mundo, o museu é cercado por um belo jardim botânico que valoriza sua área e possui mais de vinte galerias com obras de artistas de diferentes nacionalidades. As mostras, que mudam de acordo com a curadoria do museu, estimulam a participação do visitante. O museu fica em Brumadinho, cidade mineira colada em BH.

É um museu histórico e artístico que ocupa a antiga Casa de Câmara e Cadeia de Vila Rica e mais quatro prédios auxiliares na cidade de Ouro Preto. A atração é um grande complemento para entender um dos episódios mais controversos da história do Brasil: a Inconfidência Mineira. No total são 16 salas temáticas, que abrigam os restos mortais dos inconfidentes e as supostas travas da forca de Tiradentes. Pra aliviar o clima mórbido, há obras de Aleijadinho complementando o acervo. No total são mais de 4 mil peças que retratam praticamente todas as esferas da vida sócio-cultural mineira dos séculos XVIII e XIX.

As instalações são extremamente interativas, com cerca de 700 experimentos de tecnologia para entreter os visitantes. As coleções científicas abrigam um vasto acervo de fósseis, espécimes representantes da biodiversidade e peças provenientes de escavações arqueológicas, que são objeto de pesquisa de mestrandos e doutorandos provenientes de várias partes do mundo.

O museu é dedicado ao pintor gaúcho Iberê Carmago. O acervo é dividido em dois núcleos, o núcleo de obras de arte é composto por mais de cinco mil obras, entre pinturas, gravuras, guaches, desenhos e estudos de Iberê Camargo. A parte documental inclui mais de vinte mil itens, como catálogos, recortes de jornais e revistas, correspondências, cadernos de notas e fotografias relacionadas à vida e obra do artista. O prédio, projetado pelo português Álvaro Siza, também abriga mostras temporárias de arte contemporânea, oficinas gratuitas e um charmoso café.

O museu é uma das principais atrações de Gramado, ideal tanto para os amantes de carro quanto para quem deseja passar um tempo em uma das atrações mais bacanas da cidade. Por aqui, há modelos das décadas de 20, 30, 40, 50 e 60, carros que marcaram épocas e fizeram história nos cinemas.

O prédio, projetado por Oscar Niemeyer, além da vista maravilhosa, tem uma arquitetura que por si só já vale a visita, por ser considerada uma das maravilhas arquitetônicas do mundo. O museu reúne um acervo pequeno, mas significativo, com obras de artistas como Jorge Guinle, Lygia Clark, Amílcar de Castro e Iberê Camargo.

A belíssima casa já serviu como palácio de verão do imperador D. Pedro II. O acervo fixo reúne móveis, jóias e documentos do Segundo Reinado. Em seu entorno, o belo jardim valoriza a construção que vale a visita.

O Museu do Amanhã é um museu de ciências diferente, inaugurado recentemente no Rio, o espaço foi construído na Praça Mauá, centro da cidade, com uma arquitetura moderna e futurista. O Museu do Amanhã oferece uma narrativa que provoca um questionamento de como poderemos viver e moldar os próximos 50 anos.

Mostras temporárias, apresentações de dança, cursos, oficinas e exibições de filmes estão entre os grandes atrativos do museu, que cresceu em popularidade com  exposições renomadas que recebeu nos últimos tempos. Entre elas: a do cineasta Stanley Kubrick, a do músico David Bowie e a do programa de TV infantil Castelo Rá-Tim-Bum. Além disso, o espaço do museu abriga um restaurante badalado que atrai muitas pessoas.

O prédio do Museu de Arte de São Paulo, projetado por Lina Bo Bardi, é considerado um dos grandes cartões-postais da cidade. Seu acervo expõe obras de grandes nomes da arte, tais como Rembrandt, Van Gogh, Monet, Renoir e Picasso. Além do museu em si ter uma arquitetura grandiosa que já vale a visita, a localização é ótima para conhecer a cidade.

A Pinacoteca é um dos mais importante museus de arte do Brasil. O prédio projetado no fim do século 19 pelo arquiteto Ramos de Azevedo fica localizado no centro de São Paulo e abriga mais de 9 mil obras, a maioria delas com foco na arte brasileira. Os quadros “Tropical”, de Anita Malfatti, “Caipira Picando Fumo”, de Almeida Júnior, e “Mestiço”, de Candido Portinari, são os principais itens do acervo.

A localização não poderia ser mais estratégica: o museu está instalado sob as arquibancadas do Estádio do Pacaembu. A experiência é válida tanto para os amantes do esporte como para quem só quer conhecer as instalações interativas que contam a história do futebol.

O espaço é um grande ponto turístico da cidade e recebe cerca de 7 mil visitantes por mês.
É um prato cheio para quem deseja conhecer mais sobre a cultura fascinante do Estado. A concepção artística é a mesma do Museu da Língua Portuguesa de São Paulo. Ou seja: prepare-se para instalações super divertidas e interativas.

Esse museu está na lista dos melhores do mundo e entre os primeiros do ranking de museus no Brasil. O imponente castelo é uma réplica de um castelo medieval europeu que abriga, entre outros itens, mais de 3 mil armas e armaduras provenientes da Europa e Ásia. Além disso, o instituto abriga uma pinacoteca que exibe o maior acervo do pintor holandês Frans Post. 

Popularmente conhecido como "Museu do Olho" por conta da sua arquitetura, o prédio é dedicado a mostras de artes visuais, arquitetura e design. Seu acervo fixo tem obras de nomes como Tarsila do Amaral, Cândido Portinari, Andy Warhol e Di Cavalcanti e é reconhecido por ser um dos maiores museus de arte da América Latina. O museu foi inaugurado em 2002, quando o prédio principal deixou de ser sede de secretarias do Estado e passou por adaptações onde em sua frente foi instalado o popularmente chamado Olho, um anexo de 30 metros de altura feitos de concreto e vidro que imprimiu uma nova identidade ao complexo.

sábado, 15 de outubro de 2016

Visita ao Sítio do Pica Pau Amarelo

Fomos visitar o Sítio do Pica Pau Amarelo para comemorar o dia das crianças a convite da Academia da Carne Friboi.

Foi um dia lindo cheio de atividades lúdicas, em um ambiente incrível, com pessoas super legais!

Ar livre, brincadeiras, e claro, as crianças e nós também confeccionamos hambúrgueres para o almoço. Se foi divertido?
Dá uma olhadinha nas nossas fotos :D

A galera chegando ao sítio

Não poderia falta a foto com a Emília né.rsrs

Visita a hortinha do sítio

Pose para a foto! Hora de preparar hamburguer!

Ficaram delíciosos!

Eles também prepararam massinhas para brincar!

Tia Anastácia preparou bolinhos de chuva, estavam deliciosos!

Hora de brincar!

No final, um piquenique delicioso!

Muito amor!!

Deliciosos cupcakes

Foi um dia sensacional!

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Museus próximos ao metrô de São Paulo

Já fui em alguns museus abaixo, e acho super interessante levar os filhos, e conhecer um pouco mais sobre a cultura, além de ser um passeio muito gostoso para toda a família, programe-se e vá de metrô :)



Próximo à Estação Bresser-Mooca, na Linha 3-Vermelha, está o Museu da Imigração, onde é possível realizar diversas atividades, oficinas e visitar a exposição de longa duração “Migrar: experiências, memórias e identidades”, que apresenta aos visitantes os trabalhos de preservação e pesquisa, que refletem o processo migratório. No sábado, a entrada é gratuita; nos outros dias, o ingresso custa R$6,00 (inteira) e R$3,00 (meia).

Quem descer na Estação da Luz, Linha 4-Amarela, terá espaços para visitar durante um dia inteiro. A Pinacoteca de São Paulo, um dos museus mais antigos da cidade e um dos mais importantes do Brasil, com um acervo composto por obras de Victor Brecheret, Lasar Segall, Anita Mafaltti, Di Cavalcanti, fica ao lado do Parque da Luz. 

Já a Estação Pinacoteca reúne 200 obras do acervo da Fundação José e Paulina Nemirovsky, composto por algumas das mais expressivas obras do modernismo brasileiro, de artistas como Lasar Segall, Candido Portinari, Di Cavalcanti, Alfredo Volpi e Victor Brecheret. No Memorial da Resistência, museu que ocupa o mesmo prédio da Estação Pinacoteca, a entrada é gratuita todos os dias. Lá é possível conferir a exposição de longa duração que faz uma reflexão sobre o controle, a repressão e a resistência no período da ditadura militar no Brasil. Os ingressos custam R$6,00 (inteira) e R$3,00 (meia) na Pinacoteca e na Estação Pinacoteca, sendo que adquirindo ingresso em um dos museus é possível visitar os dois endereços. Já aos sábados, a entrada é gratuita nos espaços.

No Museu de Arte Sacra de São Paulo, que fica na Estação Tiradentes,  Linha 1-Azul de Metrô, há relíquias das histórias do Brasil e do mundo. São mais de 18 mil peças no acervo, remanescentes dos séculos XVI ao XX. As coleções compreendem a arte sacra com prataria, pintura, mobiliário, altares, vestimentas sacras, presépios e livros litúrgicos raros. No sábado, a entrada é gratuita; nos outros dias, o ingresso custa R$6,00 (inteira) e R$3,00 (meia).

Para quem gosta de passear na região da Avenida Paulista, a Casa das Rosas fica bem próxima da Estação Brigadeiro, Linha 2-Verde. No Museu-Casa, é possível participar de saraus, recitais e outras atividades ligadas à literatura e poesia que ocorrem ao longo dos meses. Além disso, é possível se deleitar com o jardim do espaço durante uma boa leitura. O Museu possui entrada gratuita todos os dias.


Museu da Imigração
Endereço: Rua Visconde de Parnaíba, 1316, no bairro da Mooca, em São Paulo.
Telefone (11) 2692-1866 – www.museudaimigracao.org.br
O horário de funcionamento é de terça a sábado, das 9h às 17h, e aos domingos e feriados das 10h às 17h.

Pinacoteca do Estado de São Paulo
Praça da Luz, 02 – Luz, São Paulo – SP
Telefone: (11) 3324-1000
Quarta a segunda das 10h às 17h30 (com permanência até às 18h)

Estação Pinacoteca
Endereço: Largo General Osório, Rua Mauá, 66 - Santa Ifigênia, São Paulo – SP
Telefone: (11) 3335-4990
Quarta a segunda, das 10h às 17h30 com permanência até as 18h.

Memorial da Resistência de São Paulo
Endereço: Largo General Osório, 66 – Luz - Auditório Vitae – 5º andar, São Paulo – SP
Telefone: (011) 3335-4990/ faleconosco@memorialdaresistenciasp.org.br
Aberto de quarta a segunda (fechado às terças), das 10 às 18h

Museu de Arte Sacra de São Paulo
Endereço: Avenida Tiradentes, 676 – Luz, São Paulo – SP
Telefone (11) 3326.3336 –  www.museuartesacra.org.br
De terça a domingo, das 9h às 17h

Casa das Rosas – Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura
Endereço: Av. Paulista, 37 – próximo à Estação Brigadeiro do Metrô, São Paulo – SP
Telefone (11) 3285-6986 / (11) 3288-9447 - www.casadasrosas.org.br
Horário de funcionamento: de terça-feira a sábado, das 10h às 22h; Domingos e feriados, das 10h às 18h.

Para conhecer a programação cultural de todo o estado, acesse a plataforma SP Estado da Cultura –www.estadodacultura.sp.gov.br

sexta-feira, 29 de abril de 2016

Conhecendo o Wet´n Wild



Eu e minha família estivemos no Wet´n Wild este mês. Primeira vez para mim e Alezinho, já a Té tem muitas idas ao parque, e pôde nos guiar perfeitamente lá dentro indicando até que brinquedo seria melhor ir primeiro por causa das filas.


O primeiro brinquedo escolhido foi o Vortex, o brinquedo que mais gostamos de todo o parque. É um toboágua gigante e muito divertido.
 Achei que o Alezinho ia ficar com medo, (porque até eu fiquei haha), ele inclusive fez uma cara de assustado, mas quando saímos do brinquedo perguntei o que ele tinha achado, e ele disse que queria ir de novo, mas eu não tive coragem.




Além dessa atração radical, o parque tem diversas outras, entre elas o Space Bowl, que a Té costuma chamar de privada, onde passa por um redemoinho e cai em uma piscina de mais de dois metros de profundidade. Esse não tive coragem, mas as meninas foram (minha sobrinha foi conosco) e repetiram a dose!


Tem diversas outras atrações radicais, moderadas e para ir com a família toda.

Mas a parte mais bacana para os pequenos é sem dúvidas a Ilha Misteriosa do Cascão. Logo na entrada você já se apaixona, e mesmo que não esteja com crianças pequenas dá vontade de ficar lá. Essa atração é coberta, então quem vai com pequenos nem precisa se preocupar com chuva.






Dentro do parque, você pode guardar seus pertences em armários (pagos a parte), e fazer a refeição em diversos  quiosques espalhados pelo parque. No sábado em que fomos, estava bem cheio, mas conseguimos nos divertir muito e ficamos praticamente até o finalzinho da tarde. 


Minhas dicas para ter um ótimo dia no Wet´n Wild são:


-Chegue cedo ao parque, e corra para a fila do Vortex se você gosta dos brinquedos mais radicais, pois essa foi a atração mais concorrida na data que fomos. 


-Prefira fazer a refeição após as 14h quando os quiosques estão mais vazios para fazer o pedido,

-Após a refeição descanse nas mesinhas da Ilha Misteriosa do Cascão, ambiente gostoso para fazer a digestão

-Não esqueça de usar muito protetor solar, 

-Não adianta querer andar com o celular para ir em atrações com toboáguas pois não é permitido! Deixe para fotografar após o almoço enquanto faz a digestão, ou tenha alguém que o segure para você.

-O parque fecha as 17h, então as 16:30 já fomos nos trocar e devolver a chave do armário. Se você esperar até o último momento vai pegar fila para se trocar, devolver a chave do armário, sair do parque e sair do estacionamento.


O dia foi muito especial no Wet´n, e o melhor, com meus filhos que amaram o passeio, vale a dica ;)

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

O novo Parque da Mônica

Já foi conhecer o novo Parque da Mônica

Após alguns anos longe, Maurício de Sousa reabre o parque no antigo local onde era o Parque da Xuxa. Lugar este onde levei meus filhos algumas vezes.  
 
O novo parque da Mônica, conta agora novas atrações para as crianças, do menor ao maiorzinho.

Eu e o grupo MãesPontoCom estivemos lá este mês para se divertir com as crianças, já havíamos ido na inauguração do Parque da Mônica que foi espetacular!

O bacana é que nas atrações os pais podem se divertir junto com a criança. O que sentimos falta, foi o antigo cinema 3D que havia no parque da Xuxa, uma atração super bacana que toda criança ama. Mas acredito eu, quem sabe um dia não colocam né?Vale a pena conhecer e se divertir com as crianças no parque da Mônica!!

MãesPontoCom e filhos no Parque da Mônica



domingo, 29 de março de 2015

Kidzania, o parque das profissões

Fui a alguns dias atrás convidada para conhecer o Kidzania que fica no Shopping Eldorado aqui em SP, onde ficava o antigo Parque da Mônica.

Já tinha ouvido falar desse parque nos EUA, e que a proposta era bem interessante. Conhecendo o parque pude ver o quanto realmente é importante e bem interessante a proposta do parque Kidzania.


Porta do Kidzania em SP

Passando pelo Raio X do "aeroporto" pra entrar em Kidzania


Lá, as crianças aprendem sobre: independência, trabalho em equipe, auto estima... O parque funciona assim:

Logo na entrada, é como se você estivesse indo para outro país, ou cidade, você entra pelo aeroporto e cai direto na na cidade Kidzania. Lá, é realmente uma cidade: Tem bancos, lojas, mercado, hospital, restaurante, delegacia....
Kidzania, uma cidade tranquila...

As crianças podem brincar em cada uma dessas atividades! Podem ser policiais, enfermeiros, bombeiros, e outra grande quantidade de profissões que se possa imaginar! Eles tem total autonomia na sua profissão, por exemplo, meu filho brincou na delegacia de polícia, e teve que sair pelo parque fazendo uma investigação. E tudo isso, vestido a carater! Em cada trabalho, eles recebem uma recompensa, um dinheiro do mundo de Kidzania, onde podem ir ao banco pra trocar, e no final (dependendo de quanto ganharam) podem entrar no beco, algumas lojinhas que vendem brinquedos e outras coisinhas que podem ser compradas apenas com o dinheiro que ganharam.


Brincando de investigador

E nessas brincadeiras, e até pra comprar o brinquedo na loja, os pais não podem entrar junto com a criança, assim ela se sente com a autonomia de estar fazendo tudo sozinha.

Realmente uma proposta muito boa, porém para os pais, se torna cansativo, já que temos que ficar sentados esperando os filhos brincarem. Então, achei mais interessante que escolas façam esse passeio com as crianças, pois assim, eles tem mais liberdade de andar pelo parque todo, sem os pais atrás.

Vou até mesmo indicar o parque Kidzania na escola de meus filhos para quem sabe um passeio durante o ano letivo.

O site do Parque Kidzania é este, e lá tem todas as informações pra quem quiser conhecer: http://saopaulo.kidzania.com/pt-br/

terça-feira, 22 de abril de 2014

Museu do futebol

Essa é uma dica para quem tem meninos que amam futebol. Fomos ao museu do futebol no estádio do Pacaembu esses dias, fizemos um multirao com a galera do prédio e os meninos se divertiram muito.

Claro que pra nós mulheres não tem muita coisa legal, mas vale pelo passeio e claro, por ver um estádio de futebol ao vivo e a cores pela primeira vez na vida. (meu caso)

O museu é enorme e super bacana, desde papel, quadros e coisas interativas, você pode ir passeando pelos salões e conhecer um pouco mais sobre a história do futebol.

A parte que mais me identifiquei foi a sala de quadros, de longo já foi a coisa mais linda que vi!

No dia que fomos a entrada era gratuita, mas o ingresso custa 3,00 reais. Na frente do estádio tem um estacionamento enorme onde os "pilantras" tentam te vender um zona azul por até 20 reais!! Mas nao pague!!! Na bilheteria do estadio você pode comprar pelo preço ooficial de 3 reais por 3 horas!!! Deixe alguém no carro e vá buscar um zona azul na bilheteria, ou já vá com um de casa.

No final do museu tem um restaurante Bhrama, comida por kilo onde almocamos. Mas cobfesso que achei caro, com pouca variedade e voce ai da tem que pagar couvert de uma banda de pagode. Pra quem gosta de comer com barulho é um prato cheio, no meu caso nnão gostei.rs

Olha nossas fotinhos...


















quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Circo Tihany

Fomos ao circo Tihany , conhecer o tão falado espetáculo que veio diretamente de Las Vegas.

O circo é lindo por dentro, super pheeno, porém caríssimo no termo de comer, beber. A entrada compramos no local mais barato, que era 25 conto, pq né, eu que não ia pagar 80 reais por pessoa sendo que aqui tem 4, multiplica.

Uma pipoca menor que a do cinema custou 10 réal, um algodão doce 10 réal, uma coca 7 réal e uma água 5 réal, o cúmulo do absurdo, tipo os cara vieram ganhar dinheiro as nossas custas, pobres brasileiros.rs

O espetáculo foi muito bonito, mas só tinha mulher no show, os únicos homens eram aboiolados, então quem curtiu mesmo foram os machos que ficaram vendo bundas e pernas voando pra tudo quanto é lado, enquanto nós mulheres tinhamos que ficar mórrendo com o corpo perfeito das mina circense. (oi?)

Mas indico, foram 25 reais bem gastos, mesmo pq na primeira parte do show a gente tava lá no canto sem ver quase nada, modo que depois do primeiro tempo, a gente fez um up grade (sem a segurança ver) pra um local mais apropriado, quase no camarote. Pensa em um grupo de 10 pessoas fazendo este up grade, com os filhos pendurados, e mandando eles ficarem quietos pra ninguém ver q a gente não tinha mudado de lugar. Burlamo a lei mano!

Fotinhos do passeio, modo que se depois dessa postagem alguém quiser me prender, vai ter que prender mais 10 junto comigo, inclusive menores de idade.hehe











Related Posts with Thumbnails

Blog Dri Viaro - Família, viagens, gastronomia e cotidiano © 2008. Template by Dicas Blogger.

TOPO