Na espreita

00:00





Pense numa mulher grávida, com uma filha que ia começar a estudar aquele ano.
Pensou?

Agora pense numa mulher paranóica?
Que se escondia atrás de carros, e árvores pra ver a filha entrando e saindo do colégio.
Pensou?

Essa era Dri Viaro, a doida varrida e barriguda.

Teté estava com 4 aninhos e nunca havia ido pra escola. Já estava na hora, apesar que ela sempre foi super desenvolvida mesmo sem interagir num colégio, pois sempre ficou com a vovó enquanto mamãe enrolava trabalhava.

Daí resolvemos colocá-la no jardim em um colégio Municipal, colocamos na perua, etc.
Só que as mães e pais de primeira viagem sabem como é difícil confiar em alguém que vc não conhece pra cuidar da sua cria. E conosco não foi diferente.
Eu tava de férias e Alê tb, então no primeiro dia levamos a guria pra escola, ela se esperniou de tanto chorar pq não queria largar a gente. E quem chorava mais ainda? A bundona da mãe, course.

Eu ainda pedi pra tia maledita deixar eu entrar com ela lá dentro, mas não tinha jeito, eles não deixaram, eu tinha uma bola de gato entalada na garganta e só não voei no pescoço da mulher pq tava grávida. Uma grande diferença de colégio particular é isso, qdo ela entrou no Adventista nós pudemos entrar com ela, levá-la até a sala....

Minha vontade era ficar lá na porta, e não sair até que ela saísse da sala de aula (pq vai que a menina me saia correndo pra fora da escola, fugia, se perdia, tentava atravessar a rua sozinha, blá blá blá - vc que é mãe mintende?). Mas então eu voltava pra casa aos prantos, e Alê que me aturasse. Eu já vi mulherzinha chata, mas igual eu tá pra nascer, oi? #prontofalei
E sei lá, qdo a gente tá grávida do segundo filho, se sente tão assim, sei lá entende? Vc não sabe se vai gostar do outro filho igual vc gosta do primeiro, então vc tem que super proteger aquele que vc já tem....coisas nonsense.

Então depois daquele primeiro dia, que ela ia começar air de perua pra se acostumar, eu e marido pegávamos o carro e íamos na espreita seguindo o tio da perua, e depois nos escondíamos pra que eles não nos vissem, tipos naqueles lugares que vc já sabe, atrás da árvore, do poste....
Dessa parte eu tinha medo de que a menina sei lá, fosse sequestrada, que a perua do palhaço pegasse ela (quem lembra?), que ela andasse fora da calçada, mil e uma coisas.

But enfim, foi tudo bem, e ela já está indo para a 3ª série, feliz, e nunca quer faltar do colégio. (coisa que as vezes eu quero socar, pq ela chora e se esguela qdo tem médico que quer ir pra escola, continue assim após os 15 anos bebê di mamy)

O próximo será Alezinho, que provavelmente vai começar ano que vem o colégio, daí penso:

Ô mordomia, a cria já vai direto pra colégio particular, e ainda tem direito a companhia da irmã dentro da escola e claro, mamãe pode ficar tranquila, linda e sem rugas na cara.


You Might Also Like

68 comentários

  1. Dri,
    Quem tem filho sabe o terror que é primeiro dia na escola. Minha sobrinha mais velha sentou na calçada e consolou a mãe, esta sim chorando desesperada numa vibe meio Talia sabe?
    A criança lá feliz e ela aos prantos.
    Beijos, e bom dia!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Dri
    Obrigada pela visita.
    Adorei seu blog.
    Também tenho filho e passei pela mesma 'consolação' que a Elaine contou...rs..
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  3. Que da hora seu blog! Adorei! Saiba moça que tem até PAI que entende (uns 50%, claro) algumas dessas coisas...

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    estamos cheios de novidades, entre peças novas e usadas!
    Faça-nos uma visitinha!

    Beijinhos :)

    ResponderExcluir
  5. Olá Queridaa!!
    Faz tempo que não passo por aqui ne?!
    Passei pra deixar um beijão =]

    ResponderExcluir
  6. Adriana!
    Como vai?
    Faz tempo que não venho te visitar. Prometo vir co mais frequência daqui pra frente. Te espero nos meus blogs com um cafezinho virtual bem gostoso! Ah... estou te seguindo! Bjkas!!!

    ResponderExcluir
  7. Dri, fiquei imaginado você com um barrigão tentando se esconder atrás da árvore... kkkkk
    Mas deve ser horrível deixar a cria no colégio.
    Será que vão cuidar como eu cuido? Deve ser sempre esse o pensamento!
    BeijoOs, amada!

    ResponderExcluir
  8. brigadãaaaaaaaaao por vir ao meu blooooooooog!! :)
    de verdaade

    ResponderExcluir
  9. Oi Dri.
    não sou mãe mas sei como é essa ansiedade :) normal.
    o que não é normal são as rugas. querida, não se estresse. os pequenos resolvem as coisas do jeitinho deles.

    bjs

    ResponderExcluir
  10. Gente, me mato de rir toda vez que venho aqui, ou seja, SEMPRE que uma atualização sua... simplesmente AMO!

    Beijo pra você, as crias e, um tchau de longe (beeeeem de longe) pro marido "danet", uahuahuahuaha

    ResponderExcluir
  11. Dri vc é uma mãezona...
    atrapalhada é vero...mas mãezona!!!
    Bjo gata garota !!!

    ResponderExcluir
  12. Olááááá... pois é sou uma maledeta kkk sou professora, mas eu deixo entrar (kkk) mas foi horrível deixar Alicinha com outra pessoa, apesar de estar do meu lado... qdo chorava queria me teletransportar para a salinha do berçário!!
    Agora tô (numtô) mais acostumada rsrsr.... mesmo assim... chora comigo mais não chora com os outros ham!! rsrsrs

    ResponderExcluir
  13. Só de imaginar a preocupação de uma mãe me dá arrepios!! Acho que eu faria igual, ou pior!! Bjins

    ResponderExcluir
  14. 1º filho na escola não é facil a gente entra na paranoia mesmo!

    mas depos que confiamos nas pessoas fica melhor, mas sempre temos que observar com cuidado quem escolhemos e como trabalham.

    bjus

    ResponderExcluir
  15. Huahuahuauahuauahuahauhauha

    Eu NUNCA faltava na escola....até terminar o colegial!!! Era mó CDF do cão. Mas, pelo menos honrei o santo dinheirinho de mamy.

    beijinhos!

    ResponderExcluir
  16. Com os meus dois foi bem o contrário. No primeiro dia de aula deles eu que chorei feito uma bezerra e eles me acalmando dizendo que voltavam pra casa pro jantar. Queria que essa fase de gostar do colégio durasse até a universidade...

    Beijos na alma!
    Layla Barlavento
    culpadowalter.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Oi,
    Dri,
    bom dia!
    muito legal esse post me acabo de rir toda vez que venho aqui! Você é uma "figuraçã" kakakakaka!! Muito legal mesmo, ah o meu João vai pra escola no próximo ano, será que vou fazer a mesma coisa? Já tô imaginando...
    bjos no coração e fica com Deus

    ResponderExcluir
  18. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Adri,

    Aconteceu a mesma coisa comigo quando a minha Luciana, 2ª filha, foi para o seu primeiro dia de aula no maternal... Eu chorei mais que ela, e mesmo assim, quando cheguei em casa, e após alguns minutos, recebi um telefone da escola, e olha que era particular, me dizendo para eu ir buscar a menina pois ela só queria a mãe...

    Mas o pior é que até hoje é assim... E ela já está com 24 anos... Por isso, em março ela está indo para o Canadá, e vai ficar lá por 2 meses fazendo intercâmbio... Só espero que ela não peça Help, e compre uma passagem de volta antes dos primeiros 15 dias... hehehehehe

    Bjs.

    Rosana.

    ResponderExcluir
  19. Passando para te desejar um bom dia....bjos!

    ResponderExcluir
  20. Olá amiga do outro lado do Mundo!
    Vi que a tratam pot Vri, posso???
    Eu sou a Ná, para amigos...nick name!

    Obrigada pela sua visita no meu velhinho Blog, é sempre bom que alguém vai vendo o que se postou.

    Como eu sei do que vocão fala amiga!!! o meu único filho tem agora 31 anos...mas nunca se adaptou a nenhum "infantário". Foi um martírio...eu ficava a ouvi-lo gritar e ia para o emprego a chorar e assim ele acabou por ficar com avós paternos até à idade da Escola Primária.

    Nossos filhos são a nossa vida, não há amor maior.

    Pode visitar-me ainda no:
    Fernanda Ferreira ou ainda

    Beijos

    ResponderExcluir
  21. ahauhauahaua. Será que eu serei assim? O Toni fala que eu vou estragar os nossos filhos,mas a gente só sabe que tipo de mãe seremos quando a cria nasce né? Sou doida para ter filhos, mas ainda terei que esperar... pois fiz a gastro mês passado e ainda nem sou casada tbém né???

    ResponderExcluir
  22. Quando eu tiver filho vou ser meio neurótico também...

    Bjaum

    ResponderExcluir
  23. oi amada!!!

    adorei a visitinha!!!!!!!

    beijoo0oo

    ResponderExcluir
  24. Ola Dri.
    Amei a sua visita, oia que nos somos quase iguais, é uma pena que trabalhadora nao se inclua na vasta lista dos meus predicados hahahaha.
    Bjs e volte sempre.

    ResponderExcluir
  25. Acho que toda mãe/pai passa por isso! Quer dizer, acho que nem todos ficam perseguindo a perua.... Haahahahaa....

    Mas eles sabem tb como e importante para criança entrar na escola e começar a se desenvolver com mais independencia!

    Bjs

    ResponderExcluir
  26. Querida Dri, ninguém melhor que você para expressar as dificuldades psicologicas de ser mãe. E essa parte de independecia dos filhos assustam um pouco, aff...
    Adorei o texto, bjão encantado de uma fadinha mãe que te admira muito.

    ResponderExcluir
  27. ....minha filhota começou a ir pra escola com 1 ano e 8 meses, nos primeiros dias eu ficava o período todo sentada na Diretoria, sem ela saber (vai que precisassem de mim?). A desculpa era um meio de adaptação (minha, claro...kkkk).
    Bjsssss

    ResponderExcluir
  28. oi querida..adorei sua visita e adorei conhecer seu blog..muita coisa legal!!deixa eu ti falar:mãe é tudo igual..podem passar anos..juventude diferente..acho que todas nos agimos assim como você..bjus

    ResponderExcluir
  29. Dri, todo mundo fala que com o segundo filho td é mais fácil...

    ResponderExcluir
  30. Caraca Dri, vc levantou o meu astral...hoje acordei meio de farol baixo e ri muito com seu blog!
    Amei! E já sou uma das suas 8 mil trezentas e cinquenta e três e meia (sou baixinha...) seguidoras!
    Virei sua fâ!
    Beijos e passa lá sempre pra tomar café com bolo comigo viu?

    ResponderExcluir
  31. Muito bom! Me lembrei da história do meu primeiro dia de aulas. Segundo minha mãe, uma experiência traumatizante (para ela, não para mim). Eu também tinha 4 anos, e já tinha meus dois irmãos mais novos (na época com 2 anos e meio e 1 ano e meio). Segundo ela, foi assim, me empolguei com o uniforme, com a lancheira, com tudo. Fui de mão dada com minha mãe até o portão, dei tchau e entrei, sem nem olhar para trás... Detalhe: quando estava almoçando, antes de ir para a escola minha mãe me pergunta o que eu achava de ir para lá, minha resposta foi: acho ótimo, assim posso te dar um pouco de sossego... Imagina uma mãe com remorso e chorando compulsivamente? Era a minha...

    ResponderExcluir
  32. Nossa!!!! Que super mãe coruja!!! É tudo normal, afinal, mãe é assim mesmo!
    Beijos

    ResponderExcluir
  33. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    quando eu for mãe vou ser igual a vc...

    ResponderExcluir
  34. Oi Dri, valeu a visita.
    Adorei seu blog... e se isso te servir de consolo, acredito que quando eu tiver meus filhos corro um enorme risco de ser igual (ou até pior) que você!
    Um beijo

    ResponderExcluir
  35. A Clara se pendura no meu pescoço se passar uma moto na rua, imagina ficar sozinha numa escola ccom uma ruma de povo feio (huahua) sem a minha pessoa por perto?!?!
    Tô até vendo próximo ano..rsrsrs
    BEijocassss
    Ju e CLara

    ResponderExcluir
  36. muita gente não acredita, mas... eu quero muito ser pai. Adoro crianças e me divirto muito com elas e quero muito passar por essas experiências!^^
    Mas tudo ao seu tempo não é verdade?^^
    bjooo
    me diverti muito lendo!^^

    ResponderExcluir
  37. Retribuindo a visita. Uma ótima tarde!

    ResponderExcluir
  38. KKKKKKKKKKKKKKK.......LOca,loca de pedra!!!!!!! KKKKKKK....

    Bjundas 007!!!!

    ResponderExcluir
  39. passando para desejar uma boa quinta!
    bjs

    ResponderExcluir
  40. rsrsrs.. o primeiro dia ninguem esquece.. eu tmbm chorei mas a Emily já foi logo de perua e ainda por cima estava de "noite" por causa do horário de verão...lembro da carinha me olhando... bjs

    ResponderExcluir
  41. Mãe sempre faz esta figurinha...mas é bom.
    Bjs

    ResponderExcluir
  42. Que máximo seu relato kakakakaka, eu ja pasei por isso (no lugar da filha, ainda não passei como mae) e é bem assim mesmo neh?

    Flor, AMO rostos novos pelo blog e adorei sua visita! Espero ve-la novamente, eu vou voltar aqui.,

    Beijoooo

    ResponderExcluir
  43. hahahahahhah!
    Que coisa! Ainda não sou mãe, mas sei bem o que é isso! Tenho duas sobrinhas que são como filhas...
    sem dizer que já fui professora de jardim e já vi muitas mães fazendo coisas do tipo!
    Não se preocupe, vc não é a única paranóica!

    ResponderExcluir
  44. hehehe acho q isso acontece com todas as mães q amam seus filhos, sim pq tem aquelas q engravidam só por causa da pensão.

    ResponderExcluir
  45. Oi querida!!!! é momento é poderoso mesmo né, são umas misturas de sentimentos, alegria, felicidade, medo e insegurança. Mas é assim mesmo lindinha. Bjjjj grandeeeee.

    ResponderExcluir
  46. Oiii!
    brigada pela visitaa no meu bloog :DD
    Nossa, adoreii seu textoo! hahaha, apesar que eu sou apenas a filhaa hahaha, eu com certeza senti o mesmo q sua filha deve te sentindo no primeiro dia de aula.. queria minha mae do laddo hauhauahha :DD
    beejos

    ResponderExcluir
  47. O meu eu pude acompanhar nos primeiros dias, mas acredita que até hj não fico totalmente tranquila? Sou uma "mãenóica"...rs

    ResponderExcluir
  48. Imagina que minha filha sempre foi despachada. Quando tinha 5 anos meus pais, que moram em Brasília, me convenceram a deixar a criaturinha viajar sozinha para lá. Lógico que foi uma comissária exclusivamente para acompanhá-la durante toda a viajem e entregá-la aos avós. Eu fiquei super preocupada com a pequena voando pela primeira vez - e com uma estranha. Mas sabe que ela curtiu? Ainda lembro dela embarcando, puxando a malinha, sem nem olhar para trás. E a mãe frustrada com tamanho desprendimento... rs

    filhos para o mundo... a gente sabe, mas é difícil...

    beijo rouge

    Dani

    ResponderExcluir
  49. Obrigado por visitar meu Blog...

    Atenciosamente

    Elton

    ResponderExcluir
  50. Uhhh me senti no seu post ..
    eu vou colocar o filhote este ano na creche etaum eu to muito paranoica .. falei para o marido que os tres primeiros dias eu quero assistir aula junto com ele para ve se a prof tem gabarito para ensinar o meu filho ..
    Mauluca neh ??
    bjokasss

    ResponderExcluir
  51. Dri,

    Obrigado por sua visita! Saiba que gostei do seu blog. Se quiser, podemos fechar uma parceria e até mesmo trocarmos postagens.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  52. Dri, desculpa a demora pra retribuir a visita, mas que como sempre ando na correria ... parabéns pelo site amei ..bjus

    ResponderExcluir
  53. Olá Dri, não sou mãe mas entendo a sua preocupação. Cuido do meu irmão como se fosse filho.. são coisinhas tão pequenininhas e inocentes, que a gente sempre fica com medo de deixa-los sozinhos.
    Ameeeei a sua visita, e seu blog tá lindo. Estou te seguindo, e ficaria muito feliz se me seguisse também :)
    Beijocas

    ResponderExcluir
  54. RSRSRSRSRSRS, me lembrei da minha mãe no meu primeiro dia de aula. Eu na realidade não chorei, fiquei toda boba porque ia aprender coisas novas. Também me lembrei da primeira vez que fui para a escola sozinha, faz uns dois anos. Você acredida que ela tbm ficou se escondendo atrás das árvores, só que eu vi, rsrrs, só minha mãezinha mesmo.
    bjokinhas

    ResponderExcluir
  55. Oi Dri!
    ahahahah
    De fato, só quem é mãe pra saber o que é viver essas neuroses. Na hora é punk, mas depois vira uma história divertida pra contar. Muito bom!
    Bjusss

    ResponderExcluir
  56. Oi querida obrigada pela visitinhaa!!
    Geentee acho que serei exatamente assim, quando for mãe..
    Beijos querida

    ResponderExcluir
  57. Olá

    Acho que comentei no blog certo...
    Gostaria de agradecer a visita da Dri ao meu blog e dizer que fiquei feliz em ter visto seu comentário.

    Gostei muito deste blog e vou visita-lo com freqência par aprender sempre mais.

    Abraços
    Eder Lira

    ResponderExcluir
  58. Olá...

    Obrigada pela visita!!!

    estou t acompanhando!!

    Bjs!!

    ResponderExcluir
  59. kkkkkkkkkk DRI KKKKKkkkkkkk
    Passei para conhecer seu blog e me matei (nem suicida nem assassina)
    de rir com suas pérolas preciosas...
    O ke nos faz bem é rir de histórias banais e "curriqueiras" contadas com o sal e a pimenta bem condimentada.
    Reforço o comentário anterior em ke diz ke vc é uma comédia... direi mais: 'comédia para 3 atos e inúmeras cenas'....
    Parabéns... A-D-O-R-E-I! Vou-te levar comigo para o Flores Selvagens e para o Palavras Semente... Sou escritora e poeta mas, além disso sou comediante nas horas vagas, ke atualmente estão bem preenchidas... com risadas e aventuras secretas às claras...
    Faz uma visitinha lá prás bandas das Flores e das Palavras..
    beijokas espero voltar muuuuiiitas vezes.
    Anna

    ResponderExcluir
  60. kkkkkkkkkk DRI KKKKKkkkkkkk
    Passei para conhecer seu blog e me matei (nem suicida nem assassina)
    de rir com suas pérolas preciosas...
    O ke nos faz bem é rir de histórias banais e "curriqueiras" contadas com o sal e a pimenta bem condimentada.
    Reforço o comentário anterior em ke diz ke vc é uma comédia... direi mais: 'comédia para 3 atos e inúmeras cenas'....
    Parabéns... A-D-O-R-E-I! Vou-te levar comigo para o Flores Selvagens e para o Palavras Semente... Sou escritora e poeta mas, além disso sou comediante nas horas vagas, ke atualmente estão bem preenchidas... com risadas e aventuras secretas às claras...
    Faz uma visitinha lá prás bandas das Flores e das Palavras..
    beijokas espero voltar muuuuiiitas vezes.
    Anna

    ResponderExcluir
  61. Sabe q minhas crias foram tranquilas pra ficar na escola? Ficam numa boa e adoram!
    Elas estudam num colégio municipal, aqui, confio mais que muita escola particular, a delas é otima...
    Mas vc atrás da árvore foi demais!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  62. Oi Dri,
    Retribuindo à visitinha!
    Nossa, adoro ler teus textos...rsrsrs...parece que eu fiz ou que foram feitos prá mim...
    Minha filha tb tem 009 anos, adora a escola e passei pelas mesmas agruras na época da escolinha (até o barrigão).
    Bjs e volte sempre

    ResponderExcluir
  63. oi tudo bom tbm otimo blog tá afim de fazer parceria me mande um email com sua gif que enviarei a MINHA GIF PRA VC O EMAIL EH ehfacil@zipmail.com.br , tudo de bom ai!!

    ResponderExcluir
  64. Dri, sei bem o qu eé isso, não porque fui mãe mas fui professora de maternal e jardim. Pobres mães e crianças. Primeiro dia de aula era uma choradeira só viu? E naquela época, mil novecentos enão vem ao caso mesmo sendo particular as ma~es não podiam entrar. Teve uma que acampava na varanda. Colocava uma cadeira de praia e lá ficava.. foi duro convencê-la ...

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião

Facebook:

Instagram

Page views