Mostrando postagens com marcador filhos. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador filhos. Mostrar todas as postagens

sábado, 15 de outubro de 2016

Visita ao Sítio do Pica Pau Amarelo

Fomos visitar o Sítio do Pica Pau Amarelo para comemorar o dia das crianças a convite da Academia da Carne Friboi.

Foi um dia lindo cheio de atividades lúdicas, em um ambiente incrível, com pessoas super legais!

Ar livre, brincadeiras, e claro, as crianças e nós também confeccionamos hambúrgueres para o almoço. Se foi divertido?
Dá uma olhadinha nas nossas fotos :D

A galera chegando ao sítio

Não poderia falta a foto com a Emília né.rsrs

Visita a hortinha do sítio

Pose para a foto! Hora de preparar hamburguer!

Ficaram delíciosos!

Eles também prepararam massinhas para brincar!

Tia Anastácia preparou bolinhos de chuva, estavam deliciosos!

Hora de brincar!

No final, um piquenique delicioso!

Muito amor!!

Deliciosos cupcakes

Foi um dia sensacional!

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

E já são 15 anos!



Sabe aquela menininha que desde que criei o blog aparecia por aqui, em fotos cheias de poses, e em vídeos de sorteios, toda prosa? Então, hoje ela está completando 15 anos!

Eu olho para esses 15 anos atrás e me pergunto? Como é que passou tão rápido? Foi num piscar de olhos, e ela já tem 15 anos!

Me lembro que profetizei para a vida dela ser médica, e sabe qual o desejo dela hoje....sim este mesmo! E como dos 0 ao 15 passou num piscar de olhos, me vejo ali na platéia, aplaudindo-a de pé recebendo seu diploma.rsrs

Ela poderia esperar por uma festa tremenda, mas ela não quer nada disso...ela prefere viajar...ela prefere ser essa menina espontânea, linda, e carinhosa! Que sempre, sempre está do meu lado, que sempre me apoia, e que além de ser minha filha também é minha amiga!

Peço a Deus todos os dias que te abençoe, te guarde e ilumine sua vida! Tenho orgulho de ser sua mãe!

Parabéns minha princesa! TE AMO!!

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Relógio celular localizador de crianças

A tecnologia se renova a cada dia, e quando iríamos imaginar que poderíamos localizar nossos filhos por um relógio celular?

Pois é,  a Claro junto com a DL criou o KidsOn, que tem como objetivo conectar pais e filhos, trazendo segurança e tranquilidade aos mesmos o tempo todo.

Fui ao evento que aconteceu na sexta feira dia 17 de Junho, para saber mais sobre a novidade, levei Alezinho comigo e juntos já testamos essa nova tecnologia. Aliás, ele já ganhou lá mesmo esse presentão de aniversário né! Ganhou o relógio localizador e escolheu na cor cinza :D Lindo!

Mas vou explicar melhor como funciona. Você compra o relógio que já está a venda nas lojas da Claro e custa um pouco mais de 300 reais, e o plano mensal custa 39,90 reais.

Então você instala em seu celular o aplicativo KidsOn e cadastra o número do relógio, tudo muito simples e rápido. Em seguida você já pode começar a usar o relógio e fazer ligações para seu filho e vice e versa, Sim, o relógio recebe e faz ligação! Mas somente para os telefones cadastrados, então não é preciso se preocupar que seu filho receba ligação de outras pessoas! Você pode cadastrar até 15 números, aqui cadastramos apenas o meu e do meu marido. Então Alezinho fica com o relógio localizador, e quando queremos saber onde ele está, vemos pelo GPS dentro do aplicativo KidsOn.

É alta tecnologia e segurança! Eu simplesmente achei uma ideia perfeita!

Adriane Galisteu também estava lá e levou o relógio cinza para seu filhote!

Durante o evento no Restaurante Capim Santo

O relógio é lindo, e está disponível em 3 cores: Cinza, laranja ou rosa





quinta-feira, 28 de abril de 2016

Crianças sonâmbulas



Isso não é uma certeza de que meu filho seja uma criança sonâmbula, mas algo  parecido com sonambulismo já aconteceu duas vezes por aqui.

A alguns dias, escuto um barulho e vou ao quarto dele, quando chego me deparo com ele se trocando, porque estava molhado. Depois correu para minha cama sem acordar e fui ver, ele tinha feito xixi no pé da cama dele. Foi a xixizada!

Provavelmente ele pensou que estava no banheiro, seria diferente fazer xixi na cama e levantar e pensar que está no banheiro e fazer xixi por ali mesmo não é?

Sei que o meu trabalho naquela noite foi grande, pois a cama tem gavetas, e dentro dessas gavetas ficam as roupas de cama, e foi xixi pra tudo que é lado! No final não tinha roupa de cama seca e a cria acabou dormindo na minha cama também.

Da outra vez, aconteceu enquanto viajávamos, e pela manhã no chão do quarto tinha uma poça de água. Acabamos vendo que a poça era um xixizão, e ele nem sabia que era ele que havia feito, pois dessa vez nem se molhou.

Fiquei na dúvida se isso seria sonambulismo ou apenas agitação e ele acabou levantando e achando que estava realmente no banheiro. Não sei, mas pretendo perguntar ao médico.

Contando isso para minha irmã, acabei sabendo que ela também teve essas fases algumas vezes (não a de fazer xixi) mas ela levantava e ia procurar ouro pela casa. ALOKA nunca encontrou.

Mas enfim, caso alguém já tenha passado por algum tipo de situação dessas, divide comigo, pode ser por aqui, ou pelo meu contato de email. Bora desvendar esse sonambulismo do xixizão.rs

sexta-feira, 11 de março de 2016

5 maneiras de estimular seu filho a aprender inglês



Aqui em casa, a Té já está fazendo inglês! 
Dominar o Inglês é uma das habilidades mais valorizadas no mercado de trabalho atualmente. Por isso, é desejo de nós mães que os filhos comecem a aprender o idioma o mais cedo possível, para que na vida adulta, ou antes, conquistem a fluência no idioma. Além de matriculá-los em uma escola de Inglês, é importante estimulá-los a praticar sempre que possível, a fim de que o processo de aprendizado se intensifique.

De acordo com Nik Peachey, Diretor de Ensino da escola de inglês online EnglishUp , é possível  incentivar o contato dos jovens de formas práticas: 


Aperfeiçoando o seu Inglês: De nada adianta querer que seu filho conheça o idioma se você mesmo deixa a desejar nesse quesito! O melhor é dar exemplo, para que possa ajudá-lo nas dúvidas. Por isso, se julgar que precisa aprender ou praticar mais, a opção do aprendizado online é ideal para quem não tem tempo de freqüentar aulas presenciais. 


Lendo livros e jogos em Inglês: Há uma série de livros e jogos didáticos que ajudam crianças e adolescentes a aprenderem o Inglês. Pesquise as opções e avalie quais delas despertariam mais o interesse do seu filho. Além de serem uma forma lúdica e prática de inserir o idioma no dia a dia, essas atividades proporcionarão momentos de diversão em família. No seu tempo livre, você pode contar as histórias em Inglês para seu filho, ajudando-o na compreensão, ou organizar uma partida do jogo em casa. Seja criativo! 


Assistindo a desenhos ou filmes em Inglês: Reservar um tempinho para assistir a programas ao lado do seu filho é outra forma de incentivar o contato com o idioma, ao mesmo tempo em que se divertem. Tire a legenda em alguns momentos, para testar a compreensão.  Há muitos desenhos curtos disponíveis no YouTube que eles podem assistir em Inglês. Confira alguns: 

- JellyJam: https://www.youtube.com/user/JellyJammEng 

- Pocoyo: https://www.youtube.com/channel/UCdknlZNiH-2VWrvjXkx9dJ

Você pode também recorrer a coleções de vídeo clipes para o público infantil. Veja dois bons exemplos:  

- Kideos: http://www.kideos.com

- Tinytube: http://www.tinytube.com/

Fazendo uma cooking session: Aprenda uma receita típica de um país de Língua Inglesa – pode ser da Inglaterra, Estados Unidos, Austrália ou de onde preferir- e coloque-a em prática com o seu filho, listando os ingredientes em Inglês e ensinando-o a falar cada um deles em Inglês durante a sessão de culinária, além do vocabulário relacionado à cozinha. Com certeza seu filho irá se divertir, e melhorar o Inglês de forma natural e descontraída! Há muitos vídeos na internet com receitas que ajudam tanto no Inglês quando na cozinha: 

- O VideoJug  oferece uma grande coleção: http://www.videojug.com/tag/food-recipes

- O chef de cozinha britânico Jamie Oliver publica vídeos online gratuitos: http://www.videojug.com/tag/food-recipes

Organizando uma gincana em Inglês: Outra maneira divertida de incentivar o contato com o idioma é convidar alguns amiguinhos do seu filho para uma gincana em Inglês. Crie atividades para eles, sempre com palavras em Inglês. Uma forma prática é confeccionar cartões de papelão com o vocabulário básico (nomes das cores, dos animais, números, etc), e criar jogos com essas palavras. Para deixar a gincana ainda mais divertida, você pode criar prêmios para aqueles que acertarem mais palavras em Inglês. Have fun!

Música: Canções são uma das melhores maneiras de melhorar a pronúncia em Inglês e se divertir ao mesmo tempo. Por que não aprender algumas músicas simples que você poderá cantar com seus filhos? O site da British Council Learn English Kids tem muitos vídeos com canções simples para as crianças, e você também pode imprimir as letras: http://learnenglishkids.britishcouncil.org/en/songs. Para crianças mais velhas, há um site interessante que tem uma enorme coleção de vídeos de música, que as crianças podem ouvir e digitar a palavra que falta das letras, o LyricTraining. Experimente e veja se você consegue encontrar algumas das suas canções favoritas: http://lyricstraining.com/

Qualquer dessas ideias que você tentar com seus filhos, lembre-se que o mais  importante é que eles desfrutem os momentos ao seu lado e  desenvolvam amor pela língua e por aprender a língua, por isso não exagere!. Sempre pare enquanto as atividades ainda forem divertidas.



Dicas EnglishUp

segunda-feira, 7 de março de 2016

Dicas para montar uma lancheira equilibrada




Dicas para montar uma lancheira equilibrada:

• O lanche é uma refeição intermediária e, por isso, não é necessário enviar muitas opções, nem grandes quantidades e porções de alimentos para a criança. 

• É recomendado incluir alimentos fontes de carboidrato na lancheira das crianças, pois fornecem energia para as atividades, estudos e brincadeiras. Pães, bolos e biscoitos são exemplos de alimentos que podem fazer parte desse lanche. 

• É importante estimular o consumo diário de frutas e legumes nas refeições. A lancheira é uma boa oportunidade para incluir algum vegetal ou fruta, que também pode ser oferecida na forma de suco, priorizando os naturais ou industrializados 100% fruta.

• Líquidos não são um item obrigatório, eles podem ser enviados para complementar a hidratação, que já ocorre com a água disponível na escola. 

• É recomendado que na lancheira tenha um alimento proteico, que pode ser um queijo, iogurte ou patê de atum. 

Importante reforçar:

• Os alimentos não devem ser classificados como "bons" e "ruins", levando em conta apenas sua composição nutricional. É preciso também considerar os aspectos sociais e emocionais da alimentação. 

• Crianças tem um gasto energético elevado, pois estão em fase de crescimento e, na maioria das vezes, são ativas. Por isso, alimentos fontes de carboidrato precisam aparecer nesse lanche.

• O bolo é um alimento gostoso, que faz parte de um momento divertido da alimentação das crianças: a hora do recreio. É possível considerá-lo dentro do contexto de alimentação equilibrada, pois ela não se restringe a uma única refeição. 

• Legumes, verduras, frutas, leite, carnes magras, arroz e feijão devem fazer parte da alimentação da criança, resultando em equilíbrio com outros alimentos que a criança possa consumir, como um bolo.  

• Se por um lado há a preocupação com o desenvolvimento da obesidade, por outro lado, também se deve atentar para o fato de que a preocupação excessiva com o ganho de peso e severas restrições alimentares podem prejudicar o relacionamento com a comida, levando em casos extremos a transtornos alimentares.  




Sugestão semanal de lancheiras:


SEGUNDA FEIRA

1 pote de iogurte parcialmente desnatado com pola de morango + 5 morangos + 1 unidade de bolinho Ana Maria Cenoura com chocolate


TERÇA FEIRA

200ml de suco de uva 100% integral + 2 bisnaguinhas de cenoura rechadas com queijo branco + 4 unidades nozes


QUARTA FEIRA

1 caixinha de água de coco + 6 unidade de castanha de caju + 1 unidade de bolinho Ana Maria de banana com chocolate


QUINTA FEIRA

1 maçã picada + 10 unidades de biscoito polvilho salgado + 1 unidade de snack de queijo UHT


SEXTA FEIRA

1 garrafinha de leite fermentado + 5 unidades de baby cenourinhas + 1 unidade de bolinho Ana Maria cenoura com chocolate.






*Dicas do Grupo Bimbo para o blog Dri Viaro.








quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Divirta-se com as crianças!


Para a maioria das pessoas, a infância é uma fase muito marcante da vida. Para os adultos, a melhor forma de reviver essa época tão gostosa é estar junto aos filhos, participando de brincadeiras em família. Com a presença constante da tecnologia no mundo moderno, é comum as crianças de hoje ficarem vidradas em aparelhos telefônicos ou em joguinhos de computador. Por isso, para dar aos pais a oportunidade de resgatar um pouco da própria infância e proporcionar a eles momentos de diversão na companhia dos filhos, aproveitando, por exemplo, as férias – e sem precisar gastar muito -, relembramos algumas brincadeiras do passado que podem render muitas risadas em família, seja em casa, no parque, no campo ou na praia.

As dicas e explicações são de Ricardo Steinle de Moraes, gerente geral da Fundação Acampamento Paiol Grande, aquele onde estivemos no ano passado na temporada família simplesmente amamos!


Nome da brincadeira: Telefone de lata
O que é? O brinquedo é feito com duas latas, ligadas por um pedaço de barbante.
Como se brinca? O primeiro desafio é construir o brinquedo; depois, é só conversar com a outra pessoa sobre algo bem divertido. A surpresa de ver o telefone funcionando sem nenhum recurso tecnológico é um dos grandes baratos.
Por que vale a pena? Estimula o diálogo, a criatividade e as habilidades manuais.




Nome da brincadeira: Empinar pipa
O que é? A pipa é um brinquedo que consiste de uma armação leve de varetas de bambu recoberta de papel de seda. No céu, lembra um pássaro.
Como se brinca? Fazer a pipa pode ser tão interessante e desafiador quanto empiná-la. As crianças adoram, mas é indispensável a ajuda e a orientação de um adulto.
Por que vale a pena? O processo de construção da pipa é extremamente colaborativo. Os pais precisam acompanhar de perto a ação dos filhos para que eles não se machuquem. Persistência e paciência também são valores que podem ser trabalhados durante essa brincadeira, afinal ver a pipa no céu não é tarefa fácil, mas é algo muito gratificante.


Nome da brincadeira: Batuque de mesa
O que é? Fazer música com as mãos pode ser muito divertido.
Como se brinca? No improviso, o pai desafia o filho, ou vice-versa, para ver quem consegue reproduzir mais fielmente a música que acabou de ser feita. Quem preferir poderá fazer desse jogo um desafio, no qual um tenta ser mais criativo e habilidoso que o outro.
Por que vale a pena? Brincadeiras que fazem sujeira ou barulho geralmente são as que os pais mais repudiam. Ver pais e filhos se divertindo juntos, sem recriminação, pode dar uma abertura importante para que se aproximarem. O pai também pode aproveitar a oportunidade para trabalhar a noção de limite com seus filhos, além de estimular neles a criatividade, a coordenação motora e o ritmo.


Nome da brincadeira: Telefone sem fio
O que é? Irmãos, primos e coleguinhas se sentam em roda. O primeiro inventa secretamente uma palavra ou frase e a diz, sem que ninguém mais ouça, no ouvido de quem está sentado à sua direita. Sucessivamente, cada um fala a palavra para o vizinho até chegar ao último, que deverá repetir em voz alta o que ouviu. Dificilmente a palavra (ou frase) será a mesma dita no início da brincadeira, o que é motivo de boas risadas.
Como se brinca? Quanto mais gente melhor! Vale dividir os participantes em dois grupos e disputar para ver quem termina mais rápido e com a palavra mais fiel àquela escolhida inicialmente.
Por que vale a pena? Oportunidade para aproveitar o contato físico e para conversar sobre responsabilidade.

Nome da brincadeira: Pular corda
O que é? Brincadeira antiga em que duas pessoas batem uma corda para uma terceira pular.
Como se brinca? Há diferentes níveis de dificuldade, mas não há segredo. Basta se divertir!
Por que vale a pena? O exercício de ensinar a brincadeira e de dar as mãos estimulados por ela é muito valioso para a relação entre pais e filhos. Os pais podem ainda aproveitar a oportunidade para trabalhar o espírito competitivo com as crianças.  

Nome da brincadeira: Contação de histórias
O que é? Inventar histórias tão criativas e especiais como aquelas a que os pequenos assistem em filmes ou leem em livros.
Como se brinca? Reúna vários brinquedos, roupas e objetos em uma sala e comece o Era uma vez... Enquanto um conta a história, o outro escolhe os elementos que devem ser inseridos de forma criativa na narrativa. Vale tudo: escova de dente, boneca, pijama, carrinho, bola, qualquer coisa.
Por que vale a pena? O prazer de se divertir em conjunto é sempre muito importante para o fortalecimento da relação entre pais e filhos, mas uma dica para aproveitar ainda mais esse momento é usar a história ou as características dos personagens para transmitir valores e ensinamentos que façam parte da vida da criança. Os pais podem inserir na história alguma dica para que o filho se relacione melhor com um coleguinha ou para que consiga enxergar suas próprias qualidades.

Nome da brincadeira: Show de talentos
O que é? Por que esperar a festa de final de ano da escola para apresentar uma coreografia que vem ensaiando há tempos? A sua casa também pode ser um ótimo lugar para você e seu filho porem em prática os dotes artísticos que possuem, apreciam ou estão desenvolvendo.
Como se brinca? Arraste o sofá e faça do tapete um palco no qual vocês podem apresentar números de dança, música ou teatro. Apresentações curtas, inéditas ou não.
Por que vale a pena? O exercício de apreciar, aplaudir e elogiar o outro é muito rico e necessário. Essa é uma ótima forma de - pôr em prática essa ideia!

Nome da brincadeira: Corrida do saco
O que é? Essa brincadeira é bem antiga, mas nem por isso menos divertida.
É como o próprio nome sugere: uma corrida na qual os participantes, em vez de correrem do ponto de partida ao destino final, fazem o trajeto pulando dentro de um saco.
Como se brinca? Para começar, basta que o pai providencie alguns sacos feitos de feltro, tecido ou plástico. Eles precisam ser grandes e resistentes. Pai e filho entram em um mesmo saco ou, se preferirem, cada um coloca apenas uma perna lá dentro. Ambos precisam se abraçar e pular juntos para que consigam atravessar de um lado para o outro.

Por que vale a pena? Dificilmente eles conseguirão evitar os tombos e escorregões, mas são esses momentos que rendem as mais sinceras e deliciosas risadas. Um depende exclusivamente do outro para seguir e o abraço é tratado com naturalidade. Respeito, cuidado e companheirismo são valores que com certeza também estarão em jogo.

Nome da brincadeira: Caça ao tesouro
O que é? Uma grande gincana cheia de pistas e provas para que, aos poucos, os participantes possam descobrir onde foi escondido o tesouro.
Como se brinca? Primeiro, montam-se as equipes. Uma delas esconde o tesouro, que pode ser algum objeto curioso. Depois, tem de dar à outra equipe pistas do local onde ele está escondido, de modo que uma pista dependa da anterior para ser desvendada. Para deixar a brincadeira mais legal, elas são a resposta de alguma charada ou ‘o que é o que é’.
Por que vale a pena? Mais uma vez o cooperativismo é o que fará a diferença e os pais podem aproveitar esse espírito de equipe para mostrar aos filhos quanto os apoiam e para transmitir-lhes segurança. É uma oportunidade para que ações despretensiosas se tornem verdadeiras provas de amor e amizade


quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Material escolar, como economizar

economizando

Na próxima semana as aulas estão de volta e aqui já compramos tudo. Foi uma facada no bolso do papai na compra dos livros escolares.

Mas esses não tem jeito, pois as crianças estudam em colégio Adventista e só eles vendem os livros. Porém pude economizar bastante nos materiais escolares essenciais, aqueles que são pedidos todos os anos.

Costumo sempre no fim do ano, separar todas as coisas que ainda estão boas, guardando-as para o próximo ano. É nessas coisas que separo, inclusive os cadernos que não foram totalmente usados entram na roda. Economizo e ainda contribuo para um mundo melhor não gastando folhas que ainda podem ser usadas. Retiro todas as folhas que foram usadas, e utilizo o restante do caderno. Sim, utilizo para que eles levem a escola e não precise comprar cadernos novos. Claro que faço isso se restarem muitas folhas, pois no final deste ano haviam cadernos que foram usadas apenas 20 folhas!

As pastas que ainda estão em bom usados também são reutilizadas, já que essas servem apenas para trazer as provas e trabalhos que já foram feitos.

Lápis de cor e canetinhas que ainda estão boas, são reutilizadas aqui em casa também! Este ano não precisei comprar nada disso, pois as das crianças ainda estavam em perfeito estado, e usarão agora em 2016 também.

As mochilas trocamos todos os anos, mas este ano, elas ainda estão super bem cuidadas, então decidimos usar até que elas não prestem mais, e compraremos outras. Entendo que muitas vezes as crianças querem ter todo ano mochilas novas, mas com a crise que estamos vivendo no Brasil , vale mostrar a elas que existem coisas mais importantes, e que se em bom estado, podem utilizar esses itens por mais um tempo.

Na papelaria gastamos 245 reais este ano, para as duas crianças, sendo que o Ale tem 9 anos e a Té 14, o valor foi ótimo! Quem tem dois filhos ou mais sabe o quanto é difícil este começo do ano, porque além da escola, matérias, etc, existem outras contas a pagar.

Então tente fazer isso! Não saía comprando tudo novo, confira o que ainda dá para usar e economize o seu rico dinheirinho!

Seu bolso, agradece!

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Ciúmes do filho



Olha gente, eu não sei vocês mas eu já senti que terei ciúmes do meu filho quando ele crescer, isso porque ele ainda tem 9 anos. kkk

Mas passei na pele a experiência, e percebi que a minha reação foi ficar pasma com o ocorrido!

Viajávamos e duas meninas ficaram atrás dele toda hora, meninas 1 ou 2 anos mais velhas que ele. Teve um dia que uma deles pediu para a outra chamar ele pra conversar. (como assim??? meu filho naooooo!!rs)

Fiquei passada e já imaginei o moleque adolescente e as meninas chamando ele, indo atrás dele e eu botando todo mundo pra correr.

Já até falei aqui a algum tempo atrás que pretendo ser uma boa sogra, para que a moça não leve meu filho para o lado dela.

Mas depois dessa reação, sei não se será fácil :O

Será que sou normal???

#achoquenao

terça-feira, 10 de novembro de 2015

Só mais 5 minutinhos - Stream Team

Como vocês sabem, faço parte do Stream Team da Netflix aqui no Brasil, e o tema desse mês é "Mais 5 minutinhos" o que me deixou bem empolgada a escrever já que aqui em casa, tenho um adepto aos "mais 5 minutinhos" diariamente antes de ir para o colégio....estou falando do Sr. Alezinho, meu filho.

E não só mais 5 minutinhos para dormir, mas também para ver televisão, jogar vídeo game, ir pro banho, fazer a lição de casa.... #maesofre!

Mas eu sei que não estou sozinha nessa, porque a Netflix fez uma pesquisa que  mostra que mais de 60% das famílias espalhadas pelo mundo lidam com várias manobras que os pequenos utilizam antes de ir para a cama – o que significa quase 20 minutos a mais para negociar com as crianças! Agora os pais podem ter uma ajudinha para convencer os pequenos.

Da próxima vez que enfrentar situações parecidas com seus filhos, você terá uma carta na manga e poderá oferecer um programa inteirinho – quer dizer, 300 segundos de mais diversão com seus personagens favoritos. A Netflix e a DreamWorks Animation se unem para lançar os episódios “Mais 5 Minutinhos” da série original Netflix Dinotrux.
Apesar de curtos na duração, os episódios de “Mais 5 Minutinhos” são grandes em ação. Os três episódios especiais já estão disponíveis aos assinantes para assistir quando e onde quiserem, seja na hora de dormir das crianças, ou em qualquer outro momento do dia.

Seus filhos são verdadeiros mestres em dar desculpas na hora de ir para a cama?
Você tem um negociador nato em casa? A Netflix entrevistou pais e mães no mundo inteiro para saber as táticas mais originais, curiosas e divertidas que as crianças usam a cada noite para conseguir aqueles cinco minutinhos a mais antes de deitar. Eles ficam mais lentos do que uma lesma na hora de deitar ou ao negociar qualquer outra situação durante o dia a dia? Se for assim, conte para nós as desculpas mais fofas e divertidas que eles usam e compartilhe-as no Twitter ou Instagram usando #Mais5Minutinhos.


terça-feira, 13 de outubro de 2015

Como falar sobre dinheiro com as crianças?



Aproveitando que estamos na semana das crianças, que compartilhar esse texto sobre 10 dicas de educação financeira infântil  de Patrícia Campos, Superintendente de Educação Corporativa da Mongeral Aegon.




10 dicas de educação financeira infantil:

 1 – 1, 2, 3... Se a criança já sabe contar, é hora de começar a falar de educação financeira.

 O melhor momento para introduzir o tema é no momento que elas começam a contar. Mostre algumas moedas e ensine o valor de cada uma. Faça pilhas, agrupando e somando o dinheiro.

 2 – Sai do computador e vai estudar menino! Dar mesada não é uma forma de cobrar por boas notas.

A partir dos sete anos, a criança já entende o que é uma mesada e pode começar a gerenciar quantias de dinheiro. Mas não é recomendável associar a mesada ao estudo. Ela não deve ser um prêmio por boas notas, estudar é responsabilidade da criança e ela deve entender isto.

 3 – O jogo dos quatro porquinhos. Ensine seu filho a poupar e como gastar melhor o dinheiro que tem.  
 Você deve ensinar seu filho o que é reserva financeira para que ele alcance objetivos de curto, médio e longo prazo. Como?  Adesive quatro porquinhos de cerâmica com as palavras: investimento, doação, poupança e gastos. Gastos são objetivos de curto prazo. O que ele quer no momento, como, por exemplo, um lanche na escola. Poupança é objetivo de médio prazo. Algo que ele quer realizar em seis meses, como a compra de um brinquedo. Já a tarja ‘investimentos’ está relacionada ao longo prazo. Uma reserva financeira para a vida dele, como poupar para um carro ou até para a sua aposentadoria. O último porquinho é o da doação. É importante que ele reflita sobre dar algo em troca sobre o que recebe.

 4 – Você em primeiro lugar! Explique que assim que ganhar o dinheiro a criança deve separá-lo de acordo com os objetivos traçados por ela.

 Uma das melhores dicas de educação financeira tanto para adultos como para crianças é que se pague primeiro. Isso quer dizer: separe do seu orçamento a parcela destinada ao que você deseja guardar.  A reserva financeira deve ser encarada como uma despesa fixa, não como o que sobra do orçamento. Ensine para o seu filho também para que ele possa atingir seus objetivos mais rápido.

 5 – O valor da conquista. Lembre seu filho que algumas vezes ele vai ter que esperar e juntar dinheiro para comprar o que deseja.

 Nem sempre o dinheiro que ganhamos no mês é suficiente para realizar a compra de algo que desejamos. As crianças devem entender também que juntar dinheiro é uma forma de conseguir o que ela quer, mas para isto é necessário mais tempo.  

6 – Tudo que passa na TV ele pede. Esclareça a diferença entre precisar e querer.

 Existem alguns produtos que são necessidades básicas como os de alimentação, limpeza e vestuário básico. Estas coisas são o que ele precisa. Já a propaganda infantil desperta na criança o desejo de ter e não a necessidade. Esclareça para ele esta diferença.

 7 – Não é dinheiro de plástico infinito. Quando usar o cartão de crédito, explique para a criança como ele funciona.

 Explique o conceito de crédito e alerte sobre os perigos do cartão de crédito. Não é só passar e não pagar depois. Existem os juros. Você precisa se programar para que o pagamento do cartão ocupe uma fatia do seu orçamento, não ele todo.  

8 – Dinheiro não cresce em árvore.  Fale como é o seu trabalho e por que você é pago por ele.

 O salário é composto por vários fatores, mas os dois principais são tempo e esforço. Ele significa o valor atribuído ao seu trabalho (esforço) e conhecimento multiplicado pelo tempo trabalhado. Para explicar ao seu filho o que é salário, diga quais são suas atividades diárias e o valor da sua hora trabalhada. Assim ele vai entender que é uma troca e que o dinheiro vem deste resultado.

 9 – A escolha é sua. Inclua a criança em pequenas decisões financeiras no supermercado, como qual fruta comprar.

 Educação financeira é baseada em escolhas. Muitas vezes para conseguirmos a quantia que desejamos temos que abrir mão de alguma coisa. Ele pode aprender isso em um supermercado. Separe um valor e diga que ele tem que escolher um produto com a quantia que tem na mão.

10 – Alcance seus sonhos. Ensine que o dinheiro é só uma ferramenta para chegar aonde se quer.
 É sempre bom lembrar que dinheiro não é tudo. É uma ferramenta que pode proporcionar um bem ou uma experiência. Mas existem valores mais importantes como viver momentos em família, educação, ética e cidadania. 

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Feliz dia das crianças!



Hoje é dia das crianças, e todos nós já fomos crianças um dia né?

Eu me lembro muito bem de como as coisas funcionavam na minha vida infantil: muita brincadeira, muita bagunça, era comum estar na rua , se sujar (e minha mãe nem ficava brava como eu fico com as crias aqui de casa), rolar no barro quando chovia, tomar banho de chuva, brincar de pega pega, esconde esconde, volêi, boneca, brincas nas construções de labirinto..... e as vezes até fazer cabana de tijolo (das construções do condomínio onde morávamos) e dormir a noite lá, uma bagunça total!


Hoje as crianças tem ipad, iphone, ipod, ipude.... só não tem direito as brincadeiras como tinham no meu tempo! Mas as coisas mudam, e o que temos pra hoje é ver nossos filhos dentro do mundo da internet, da televisão, dos games.... Isso é bom? É e não é.

A verdadeira infância está um pouco perdida, mas o que podemos tentar fazer é em casa mostrar outros valores para nossos filhos. Hoje tenho uma adolescente e uma criança que estão dentro desse mundo moderno de computadores e telefones...amanhã os filhos dele estarão em que mundo né?

Vamos tentar melhorar isso em nossas casas então?


Que sua criança tenha um feliz dia, e que você como pai ou mãe que já foi criança consiga passar um pouco de tudo que já brincou na sua infância ;)


Bora ser criança de novo!

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

O novo Parque da Mônica

Já foi conhecer o novo Parque da Mônica

Após alguns anos longe, Maurício de Sousa reabre o parque no antigo local onde era o Parque da Xuxa. Lugar este onde levei meus filhos algumas vezes.  
 
O novo parque da Mônica, conta agora novas atrações para as crianças, do menor ao maiorzinho.

Eu e o grupo MãesPontoCom estivemos lá este mês para se divertir com as crianças, já havíamos ido na inauguração do Parque da Mônica que foi espetacular!

O bacana é que nas atrações os pais podem se divertir junto com a criança. O que sentimos falta, foi o antigo cinema 3D que havia no parque da Xuxa, uma atração super bacana que toda criança ama. Mas acredito eu, quem sabe um dia não colocam né?Vale a pena conhecer e se divertir com as crianças no parque da Mônica!!

MãesPontoCom e filhos no Parque da Mônica



segunda-feira, 13 de julho de 2015

Férias escolares




Por aqui as férias escolares já estão praticamente na metade.

E então você se pergunta, o que fazer com os monstrinhos filhos nas férias?

Aqui eu sinceramente amo férias escolares por não ter que acordar cedo pra levar eles na escola, não ter que correr com as coisas de manhã pra correr mais ainda com o almoço, não ter que sair pra buscá-los, ou seja, uma perua resolveria todo o problema..e eu ficaria aqui em casa só de boa, limpando, esfregando, cozinhando....

Meus filhos são super sossegados, fora o menino que é meio maloqueiro e quer viver na rua o dia todo. Já acorda perguntando: Posso descer? E quando é hora de voltar pergunta: Posso ficar mais?

O negócio dele é nem sair de casa, e ficar o dia todo com os amigos jogando bola ou correndo um atrás do outro brincando de polícia e ladrão. Já a menina prefere ficar no quarto, lendo um livro ou assistindo uma série, ou quando se enfeza, quer por que quer sair pra algum lugar que não seja o meio do mato, lugar aliás que amamos ir, eu e meu marido, não as crianças.

Mas as férias estão fluindo muito bem. Um dia a gente fica em casa, no outro arrasto todos pra algum evento que participo, e no outro mando todo mundo pra casa da avó, das tias, ou de alguém que queira cuidar dos pentelhos.

E assim vamos indo até começar tudo de novo....

quarta-feira, 17 de junho de 2015

Hoje vai ter uma festa!!



Na verdade a festa vai ser no sábado :D
Mas hoje é o dia que meu príncipe completa 9 anos!

Como o tempo passa rápido, ontem eu não tinha filhos, e em Agosto a minha filha já vai fazer 14 anos e meu filho hoje 9 anos!

Em breve estarei aqui escrevendo sobre meus netos,rs

Mas esse meu filhote, é um sapeca de primeira! Faz um monte de bagunça, as vezes é irritadinho, mas tem todo um histórico de ser super amigo, companheiro e carinhoso!

Sabe se expressar, é inteligente, e vende um peixe da mãe blogueira que não é brincadeira rsrs

Quero só pedir a Deus nesse dia que abençoe cada vez mais a vida do meu pequeno, que ele cresça cheio de princípios e que tenha temor de Deus!

E feliz 9 anos Alezinho, mamãe te ama demais meu lindo, gato, gostoso!

Sábado tem festinha, e vou mostrar tudo aqui pra vocês ;)

segunda-feira, 13 de abril de 2015

Pedindo ovo e leite pra mamãe!



Já contei aqui a muito tempo que meu filho mais novo não toma leite. Enganei muito tempo dando mamadeira antes de ele acordar e ir pra escola, dava leite com achocolatado, mas acordado ele não tomava de maneira alguma. Desisti.

Substituí o leite por queijos e iogurtes que ele sempre gostou. O ovo também é um caso sério! Comeu muito quando bebê, comia ovo quente todos os dias. Mas cresceu, e .... não quis mais ovo!

E na vida de uma mãe, o filho não quere comer ovo é um terror!rs Digo isso pela praticidade, aquele dia que você quer dar apenas arroz, feijão e ovo para a criança, mas ela não come, então fica difícil né?

Minha filha mais velha também comia muito ovo quando bebê, e hoje continua comendo, e bebendo leite também.

Mas o que eu quero mesmo contar é que espantosamente na sexta passada meu filho me pediu para fazer ovos mexidos para o café da manhã de sábado. Fiquei muito feliz com o pedido, e chegado o sábado ele provou e aprovou! Pense na minha alegria!

E então, mais espantosamente essa manhã, ele se trocou para ir à escola, e me disse: Mamãe, você nunca mais me deu leite!
No que eu perguntei: Mas você quer?

E ele respondeu: Sim!

E espantosamente ele tomou o leite. Ahhhh alegria de mãe!

Sou dessas mães que obriga as crianças a comerem de tudo. Na hora do almoço tem que comer pelo menos um pouco o legume, verdura, salada...E eles comem! mas o ovo e o leite eram alimentos que eu não conseguia fazê-lo comer de forma alguma, e nunca obriguei!

E agora percebo que, o tempo dele de comer ovo e beber leite, chegou!rs Sem esforços ;)


terça-feira, 17 de março de 2015

Outono-Inverno 2015

Semana passada estivemos no pressday da Brandili no parque Kidzania. Foi apresentada a nova coleção Outono-Inverno 2015 que por sinal está linda!

E nessa temporada a Brandili faz um passeio por um dos lugares mais emblemáticos da infância: a casa na árvore! Sendo assim, a ideia é apresentar um universo de brincadeiras! A coleção Outono-Inverno 2015 da Brandili foi inspirada em 3 temas: Cidade, college, campo e animais selvagens.







E ela seguiu as principais tendências da temporada com peças em couro sintético como jaquetas, saias, calças, tudo para deixar os minifashionistas mais lindos ainda!

Vou falar depois do Parque Kidzania porque achei um conceito muito bacana! Já tinha ouvido falar desse parque nos EUA, e agora que conhecemos, acho que é muito válido para a criançada conhecer! Mas aguardem que vou fazer um post somente sobre ele ;)

Ah, lá no dia do evento teve desfile dos "Brandilindos" e meu pequeno grande Alezinho (o menino se presta), participou e se divertiu muito ao lado dos menores. Olha algumas fotinhos que legal!



Virou capa de revista!!

Tudo lindo, nos recebendo com carinho

terça-feira, 10 de março de 2015

Decoração para o quarto dos filhos

Quando temos a notícia da chegada de um filho, a surpresa sempre é muito boa. Na lista de dúvidas que surgem, uma delas é, com certeza, a decoração do quarto do bebê. E não para por aí, as dúvidas continuam quando a criança cresce, pois as preferência de cada um deles ficam ainda mais claras.

Esse post quer ajudar a você a fazer as escolhas certas. É claro que não há regras para decorar o quarto do seu filho, mas vamos tentar clarear sua mente em meio há tantas opções.

Em primeiro lugar, os pais sempre estão preocupados se a casa atual é realmente propícia para a criação de seus filhos. É melhor casa ou apartamento? O número de cômodos influenciam? Preciso de um ambiente especial para meu filho brincar? Dentro de casa ou ao ar livre. Hoje, existem muitas opções online para quem procura imóveis à venda que ajudam os pais a escolher o melhor lugar para que a infância do filho seja aproveitada da melhor forma. Um que eu uso bastante é esse.

Sabendo direitinho o espaço que será dedicado ao seu filho, já pode-se pensar na decoração perfeito para isso.

A maioria das pessoas procuram projetos de decoração que transformem a casa ou apartamento em um lugar confortável, prático e organizado. O quarto do seu filho não pode ser diferente, não é? Por isso, podemos iniciar escolhendo a coloração do ambiente. O recomendado é escolher tonalidades claras e se for optar por estampas, não escolha desenhos muito grandes.






Mesmo se for menino ou menina, seguir a linha provençal na decoração não tem erro. Se acha que vai gastar muito, errou! Não é obrigatório gastar muito. Compre móveis com cores ou estampados brancos, como: cadeiras, poltronas, etc.




Um detalhe que pode custar mais, mas que dará um toque especial na decoração são os lustres com cristais pendurados no quarto do bebê.


Está pensando em algo mais florido? Não vá muito além de estampas de roupas de cama ou cortinas para evitar exageros.




Para quem não pretende gastar muito, que tal usar peças multifunção para a decoração do quarto. Há uma variedade de berços que já vem com cômodas e trocador, por exemplo.

Filhos maiores, mais liberdade na decoração

Quando o filho já esta maior, a decoração do quarto fica bem mais divertida. Muito pais optam pelas paredes livres, assim é possível instalar cestas de basquete ou outros itens para a criança.

A cama pode ser aquelas beliches com escadas ou escorregadores. Pode não parecer mas ainda ocupa pouco espaço dentro do ambiente.




Tirando o aparelho de som, os outros itens tecnológicos, como o videogame, não podem ficar expostos, pois a criança verá e sempre irá lembrar do item. Quando há disposição para decorar o quarto do filho, a intenção é sempre motivar a criatividade e o desenvolvimento deles.

Um detalhe a mais pode ser a instalação de tapetes antialérgicos, cortinas removíveis e laváveis e móveis que não acumulam poeira. Não esqueça de se atentar aos móveis pontiagudos.

Com essas dicas, agora é só planejar a decoração do quarto do seu filho e deixá-lo lindo!

Related Posts with Thumbnails

Blog Dri Viaro - Família, viagens, gastronomia e cotidiano © 2008. Template by Dicas Blogger.

TOPO