terça-feira, 22 de junho de 2010

Como proceder em caso de batida




Nunca estamos preparados para saber o que fazer diante de uma batida de carro. Digo por experiência própria, de quem tomou 4 batidas na traseira em um só ano, no mesmo carro. Ah, mas não pense que sou braço e que a culpa foi minha não. Tá, eu não sou o exemplo de motorista pra fazer baliza, mas posso dizer que dirijo muito bem. Até hoje não bati no carro de ninguém.

Então quando sofri a primeira batida, de um caminhão na minha traseira, que estourou a traseira inteira, e me mandou pro hospital, fiquei desnorteada, pois não sabia o que fazer, nem como proceder. Sorte a minha de estar com amigos dentro do carro, que na hora tentaram me acalmar. Mas não vou falar sobre o acidente, se vc quiser saber mais o que houve, pode clicar aqui e ler. Ou somente aprender a proceder em caso de batida, mas vamos logo ao que interessa pq já enrolei demasiadamente. (óóh ela tb sabe falar bonito)

1-Bateram no seu carro, ou vc bate no carro de alguém? Desça do carro, (elegantemente, não faça barracos, isso pode te fazer levar um tiro, sair na mão com o outro motorista, blá blá blá), pergunte ao motorista se ele tem seguro (caso ele tenha batido em vc), ou diga que vc tem seguro (caso vc tenha batido nele, é melhor vc ter um seguro aliás).

2-Não houve vítimas? Tire já seu carro do meio do caminho antes que forme um tremendo trânsito sem necessidade (claro, se o carro tiver condições de andar), peça ao outro motorista que encostem em algum local para anotarem os telefones, placas, etc. Não há necessidade de ligar para a polícia, eles nem virão!!
Vc pode fazer o boletim de ocorrência online, ou ir a delegacia mais próxima. Vá para casa.

3- No caso de haver vítimas, não mecha na vítima e chame imediatamente a emergência. Aliás tenha anotado em seu cel. para o caso de na hora te dar um branco e vc esquecer o número. Espere até que a emergência chegue, pois se vc não foi a vítima,  terá que ir à delegacia, caso tenha sido à vitíma será levado para o hospital público mais próximo (dã, que novidade). Sim, eu sei que vc tem convênio e tal, mas nestes casos, eles não sabem que vc tem convênio e pode ir a um hospital pago, caso haja necessidade, seus familiares ou vc mesmo informará, e vc será transferido para um hospital particular, claro se vc tiver direito a uma ambulância.

4-Se não houve vítimas, e tal, ligue para seu corretor de seguros e passe as informações do carro que bateu em vc, assim como telefone do seguro do outro, que seu corretor tomará as devidas providências. Se ele for legal, claro. Semão diga que vai trocar de seguro que ele corre atrás rapidinho. No caso de vc ter batido no carro de outra pessoa, apenas informe ao seu corretor o que houve, e que ligarão para que ele tome as devidas providências.


Parece fácil né? E talvez vc esteja dizendo: Dã, que coco!! Pra que ela fez uma postagem dessas?

Pq eu realmente fiquei sem noção do que fazer na minha primeira batida. Agora vc que leu, se acontecer, já sabe..... E tente não tremer.....

13 Comentários:

Dea アンドレア disse...

OI Dri, aconteceu comigo a pouco tempo
Eu ia acionar meu seguro mas o motorista do outro carro não queria acionar o seguro dele pq disse que teria q assumir a culpa e isso ele não ia fazer...
Diz q o seguro dele só ia pagar o meu carro nesta condição.
Como não houve acordo, tb não paguei o dele. O cara deve tá atrás de mim até hj!! rs
bjs

Monica disse...

Dri, ótimo post! Informaçao nunca é demais.

Taís disse...

Muito bom post mesmo. Agora, tentar não tremer é que é o díficil. Eu nunca bati sério em ninguém, mas um outro dia eu fui estacionar, mirei mal e acabei acertando o farol dianteiro de um carro com a minha lateral traseira. No meu carro não fez nada, no dele quebrou o farol. Eu estava na frente de onde trabalho, então disse pra ele arrumar e me procurar ali que eu pagava o concerto. Eu estava parando ali, que é faixa amarela, só pra pegar um documento com um colega que me esperava na calçada e tinha que sair. Menina, que dificil foi dirigir com as pernas bambas...
bjos

Erica Yamamoto Ferreira disse...

Eu resolvi dirigir após os trinta anos. Bati em dois carros no primeiro mês, por fazer curva aberta... O segredo é a cordialidade. Não adianta discutir ou apavorar-se, tudo fica pior.

De 2007 para cá, nunca mais aconteceu. Eu evito vias como a Marginal, Radial etc. Não ligo de pegar farois e prefiro estar entre 60/70 Km/h. Se tenho pressa, de verdade, não arrisco, chamo um táxi.

Um beijo.

Roberto Lima disse...

Dri, ótimo post! Nunca aconteceu comigo, se acontecer já sei o que fazer.Bjs

Alessandro Turci disse...

Parabéns muito bom!
Abraços!

Chica disse...

Muito bom e realmente, ficamos como umas abobadinhas...Eu , pelo menos!beijos,chica

disse...

Aff, n gosto nem de pensar nisso, bateram na nossa traseira e sou traumatizada até hj

Ich, Hausfrau disse...

A gente fica super nervosa mesmo na hora, sem saber o que fazer... seria bom se tivesse um manual dentro do carro com essas dicas pra ajudar na hora do aperto, hehehe
bjos

Adriana Breanza disse...

Coincidência: Ontem bateram na minha traseira e estourou o radiador.. o safado-com-cara-de-malandro estava com um fusca todo arrebentado...
Estourou me radiador... e o carro 'dormiu" na no mercado".. To revoltada!

Carlos Augusto Matos disse...

Desculpa linda, não resistir essa foto... Hahahahahahahahaha...

Bjuxxxx

Fernanda, disse...

Olá Dri, eu hajo normalmente.. mas há da pessoa não parar o carro que vai ouvir um FILHA DA P***** bem alto e em bom som. kkkk

Beijos,

R149 3o75s disse...

Fala sério,Dri... Traseiro de mulher só devia atrair olhares... Coitado do UNO,já não tem bunda...

Related Posts with Thumbnails

Blog Dri Viaro - Família, viagens, gastronomia e cotidiano © 2008. Template by Dicas Blogger.

TOPO