Confissões de uma ex-trabalhadora

06:00




Resolvi que o dia do trabalho é o dia ideal para falar com está sendo minha experiência como ex-trabalhora (externa) para me tornar uma trabalhadora (interna, escrava, lerê-lerê)

No começo a gente tem milhões de coisas para fazer, como tornar um dia muito produtivo indo fazer compras, levar os filhos para passear, não ter hora para voltar, não ter compromisso com uma empresa.
Depois que passa o primeiro mês, você ainda está limpando e lustrando a casa alegre e contente, lavando banheiros sujos, preparando o almoço todo dia, levando e buscando seus filhos da escola....

Passada essa fase, você percebe que não tem mais horário para almoçar (lembre-se que no trabalho você tinha uma hora só para você), você virou "mãetorista", não aguenta mais ver um banheiro e lembrar que tem que levá-lo, quer correr de casa toda vez que ela está desarrumada (lembre-se, no trabalho você só precisava olhar para a noite), muitas vezes quando faz o caminho da escola pensa: já tô acordada, bem que eu poderia ter um emprego (já que a regalia de acordar cedo não te pertence, mesmo sendo uma dona de casa, pois seus filhos estudam de manhã), e o principal: Você lembra que trabalha dobrado e não tem o salário no final do mês. É duro!

Sei que muitas mulheres dariam tudo para estar no meu lugar, e não estou reclamando de minha vida, bem longe de mim com isso, me sinto extremamente feliz por poder participar integralmente da educação de meus filhos e estar bem pertinho deles sempre, só que para quem sempre trabalhou na vida, estar a quase um ano em casa é um tanto estrangulador.

Penso em voltar a trabalhar? Quem sabe, se um dia rolar ou se um dia eu precisar realmente, volto sem problemas. Mas daí quem sabe eu não sentirei falta dessa vida de agora?

Ser humano é tudo igual, não é?rsrs

Feliz dia do trabalho aos grandes trabalhadores deste Brasil e também a nós mulheres que trabalhamos sem sair de casa ;)

You Might Also Like

7 comentários

  1. Verdade. Já tive os dois lados. Considero ainda o pior é o tal de ficar em casa.
    Fora a gente interage, vive mais.Em casa a gente tem mais aconchego, enfim, vai entender o ser humano... Rs


    Bjos Luzia

    ResponderExcluir
  2. Adoro seus textos!!!

    ResponderExcluir
  3. Dri, adorei seu texto. Tenho um blog voltado para mulheres que trabalham e nunca tinha pensado nas mulheres que não trabalham fora porque trabalham "dentro" - e olha que sua rotina parece ser até mais puxada que a minha!! Sorte por aí!! bjos!!

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    A verdade é que nunca estamos satisfeitos, rsr
    No inicio do ano, optei por ficar em casa...não preciso levar os filhos pra escola, posso acordar tarde..mas, essa de ficar sem prazos, sem regras, está me deixando louca, faço o serviço da casa em 1 hora, almoço/janta mais 1 hora, e o resto do tempo, acabo sem ter o que fazer, isso está acabando comigo...esse mês resolvi voltar ao mercado de trabalho...vou deixar o meu 'sonho' de ser apenas dona de casa, pra daqui a mais alguns anos.
    Tenha um ótimo mês. Beijus

    ResponderExcluir
  5. verdade Dri eu era (alias ainda sou também ) trabalhadora interna e agora dou aulas há alguns anos, não é fácil, a tarefa doméstica continua sendo a mais puxada e eu dou o maior valor em quem é dona de casa... beijãoo

    ResponderExcluir
  6. Estou vivendo esse lado após pedir
    exoneração de um cargo público onde
    estava bem, porém tive filho
    e optei por ficar em casa com ele e
    se passaram apenas 3 meses e estou
    atrás de uma nova oportunidade no
    mercado de trabalho, pois acho que
    trabalhando fora estarei mais
    realizada e as coisas em casa irão
    funcionar melhor.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  7. Quanta razão vc tem! Sempre trabalhei fora, e há 8 meses tive um bebê. Resolvi que até que meu filho não fique um pouco mais independente, eu mesma cuidarei dele. To muito feliz e me sinto muito realizada, mas sinto muita falta de trabalhar fora, interagir com outras pessoas, ser mas independente... Ser dona de casa e mãe em tempo integral realmente não é nada fácil! E eu q reclamava tanto pela falta de tempo para estar em casa rsrsrs.....

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião

Facebook:

Instagram

Page views