Mostrando postagens com marcador fimose. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador fimose. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 2 de março de 2015

Cirurgia de fimose: Recuperação



Contei aqui como foi a cirurgia de fimose do meu filho Alezinho. Quem quiser saber como ela é feita só ler o post no link (Cirurgia de fimose: fazer ou não fazer?)

Ficamos com medo da recuperação, mas não foi nenhum bicho de sete cabeças, muito pelo contrário, foi rápida e sem dor.

Só ficou o medo nele de fazer o primeiro xixi lá no hospital. Que aliás foi o caos, o moleque gritou tanto que eu quase saio correndo de dor no coração por ver meu filho daquele jeito. Imagina, o pipi enfaxado, com pontos, o primeiro jato seria mesmo um pouco doloroso, mas o medo dele foi maior. Ele não poderia deixar o hopistal antes de urinar, e ele não queroa... E viemos embora sem ele fazer, pq ele gritou e chorou tanto que não teve jeito. Isso foram quase seis horas da tarde, e ele acabou fazendo seu primeiro xixi só no dia seguinte. E o xixi foi pra todo lado, menos pra dentro da privada rssss. Mas foi sem dor, imagina a felicidade dele e da mamãe aqui? E então no  primeiro dia pós cirurgia não podia tomar banho molhando, tinha que ser a seco, com gaze. Mas no segundo dia foi o de retirar o curativo, e foi tão, mas tão tranquilo que ficamos pasmos, e felizes claro!

Então ainda estava com muitos hematomas, o médico receitou também xilacaina mas não foi preciso, pq ele teve dor 0 :D

E vida normal minha gente! Os pontinhos eram aqueles branquinhos, que acho que são de açúcar, então ele mesmo tinha que ir puxando no banho após uma semana por recomendação do médico. E já faz mais de um mês de operação e ele estava ótimo! O pipi ficou fofo kkk.

Mas o difícil disso tudo foi segurar o moleque de querer jogar bola, pular, colar durante um mês, mas a gente deu um jeito e deu tudo certo!

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Cirurgia de fimose - Fazer ou não?



Muitas mães ainda tem um certo tabu pra falar sobre cirurgia de fimose. Acho que a palavra nem seria "tabu", mas algo que muitas acham desnecessário de se fazer  até que um dia chega a hora e você não tem mais opção de pensar: mando ou não meu filho para operar a fimose?

Desde que meu filho nasceu, fizemos massagens para abrir aquela pele que fica grudada no pênis. Conseguimos abrir, e toda a cabeça do pênis saia pata fora, era só puxar. Algumas vezes essa pele grudou e o levamos ao pediatra que sempre receitou um corticoide pra passar, e da noite para o dia, a pele já desgruda a novamente. Por isso nunca pensei em mandar meu filho para a cirurgia da fimose.

Porém ele cresceu, e tem 8 anos agora, e não tinha muito costume de abrir o pênis para fazer xixi, só abria mesmo na hora de tomar banho e mesmo assim, eu tinha que pegar no pé dele a toda hora.

Então alguns dias atrás, ele veio me mostrar o pipi e estava todo vermelho na ponta. Mandei ele direto por banho e disse pra ele abrir e lavar bem, e que toda vez que fosse fazer xixi era pra abrir também. Porém a pele estava bem grudada, o que causou dor, tadinho!! Mas de qualquer forma, mandei ele continuar puxando, e marquei um pediatra cirurgião pra ele.

Na hora que ele viu a situação disse que teríamos que operar mesmo! Perguntei então como era a anestesia para operar a fimose, e quando ele me disse que era geral minha cabeça deu duas piruetas e não voltou pro lugar.rs

Ele nos explicou que, ele tinha uma sobra de pele, e que  a cirurgia da fimose deveria ter sido feita quando ele ainda era bebê. Que não era mais pra eu mandar ele abrir o pênis pois com isso poderia acontecer algo muito perigoso que se não me engano chama-se parafimose. Onde a pele vai pra trás e não volta mais, então não bombeia sangue na cabeça do pênis e então teríamos que correr pro hospital para uma cirurgia de imediato. Ele também explicou que se não fizesse a cirurgia ele poderia sentir muitas dores quando tivesse ereção e relação sexual.

Saí de lá com a data da cirurgia marcada, aconteceu dia 20/01/14 , mas ainda na incerteza se era isso que eu faria ou não. Eu e Ale conversamos muito e chegamos a conclusão de que era melhor pra ele. Mas olha, coração de mãe dói demais! Passei noite em claro, mas orei e entreguei a vida do meu filho nas mãos de Deus. 

Antes da cirurgia conversei muito com Alezinho, expliquei que ele teria que ficar em jejum, o que iria acontecer, que eu estaria na sala com ele, que não sentiria dor, etc.
Essa parte de explicar pra criança é uma das mais importantes, para que eles possam confiar que falamos a verdade para eles. Não adianta achar que pode mentir, isso é muito pior e a criança pode ficar depois muito magoada com os pais por não terem lhe falado a verdade.

No dia ele ficou bem bravo por não poder comer nada rs, a cirurgia era as 14h então a ultima refeição dele poderia ser 8h antes. Acordei o menino as cinco e meia e dei  lanche, pq conheço minha criaturinha.rss

Ao meio dia fomos pro hospital infantil Sabará (aliás, um hospital nota mil em tudo), fizemos a internação e aguardamos até o horário. No fim houve atraso e ele foi para a cirurgia somente as 16h. Mas o hospital Sabará tem tanto entretenimento para as crianças que ele nem lembrou que estava com fome. UFA!!

Recreação do Hospital Sabará

Então entrei com ele na sala cirúrgica e eles deram a anestesia. (Antes já havia conversado com a anestesista sobre tudo), primeiro um pouco de cheirinho, onde ele ficou meio bobinho e já dormiu na hora. Nessa hora meu coração adormeceu de medo, e me pediram pra sair que iam dar o restante da anestesia por via intravenosa e começar o processo. Voltei pra sala de espera e encontrei meu marido, e nós dois ficamos ali, esperando e amedrontados.
Quarenta minutos depois o médico me chamou e a cirurgia havia sido um sucesso, pra honra e glória de Deus!!!  Então voltei agora para a sala de recuperação e o levaram para lá, poia eu tinha que estar do lado dele quando acordasse.

E uns 15min depois ele acordou, meio bobinho ainda rs e então estava estranhando o lugar, mas depois lembrou o que foi ali fazer. Então me perguntou quando iam fazer a cirurgia e eu disse que já havia feito, e ele foi correndo olhar o pinto hahaha

Então ele teve que tomar água e fomos levados para o quarto, onde mais tarde teríamos alta.
Geralmente na cirurgia da fimose é colocado um anel no pênis, que cai depois de 10 dias. No caso do  meu filho não foi possível usar o anel, então foram feitos pontinhos mesmo. 

No próximo post falo sobre a recuperação da cirurgia da fimose, pq esse posta já ficou loooonnngo demais né?!


Related Posts with Thumbnails

Blog Dri Viaro - Família, viagens, gastronomia e cotidiano © 2008. Template by Dicas Blogger.

TOPO