sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Enxaqueca se trata assim?



Outro dia comentei que a Teté que tem apenas 10 anos já sofre de enxaqueca. Procuramos um neurologista, onde a médica pediu eletroencefalograma e tb um diário da cefaléia.
Esse diário era um cartão pra que anotássemos todos os dias que ela tivesse dor de cabeça, as causas, que lado era a dor, se era pulsante, etc, etc. Fizemos o diário por 2 meses e voltamos essa semana pra pegar o resultado do encefalograma e mostrar o diário pra médica.

Durante o mês de Julho ela tinha dores de cabeça praticamente todo dia, às vezes até duas vezes por dia, ou seja, teve que medicar todos os dias. Então quando a médica viu o diário disse que teria que fazer um tratamento, mas que o encefalograma estava tudo certinho. Só que ela foi falando que a gente ia estranhar como era o tratamento, porque consiste em tomar remédios anti-depressivos, pra ataque epiléticos, etc, que hoje é a medicação que está sendo usada pra tratar cefaléia crônica. Ficamos super confusos, porque como é que vou dar um remédio tão forte, que só vende com receita controlada pra uma criança de 10 anos?? E se viciar? E se ela ficar meio "mole" pq é isso que geralmente os antidepressivos fazem?

Não, não. Não comprei os remédios mesmo pq não sou nenhuma louca de ir dando qualquer remédio fortíssimo pra minha filha.E tem outra, ela deveria ter pedido uma tomografia ou ressonânica, concorda? Vamos procurar outra opinião médica primeiro, e ver o que o outro médico fala.

Agora a pergunta: alguém já passou por isso, mesmo que seja adulto, e teve que tratar a enxaqueca com remédios assim? Porque é a primeira vez que vejo isso.

45 Comentários:

Sissamar disse...

Acho que fizeste muito bem... que loucura, remedio anti-depressivo para dor de cabeça!!!
Já tive um caso assim na familia, e fez agora um ano que isso estava acontecendo. A menina na altura com 7 anos, chegava a acordar de noite e chorava com dores de cabeça, durante o dia aconteceu tb. Alguém sugeriu pra minha prima levar a menina num oftalmologista e ela foi. Resultado, a menina já via consideravelmente mal e ninguém tinha se apercebido disso! Desde que passou a usar óculos e passado o tempo de habituação a eles, nunca mais ela se voltou a queixar.
Essa mesma prima quando era um pouco mais velha que a filha, tb se queixava do mesmo e para além de tb ver mal, tb tinha problemas na coluna, coluna toda torta.
Fazem muito bem em pedir uma segunda opinião.
Um beijo e as melhoras da pequena!

Bonequinhos de Pano disse...

Ola',
Bom eu tenho enxaqueca das brabas com aura e tudo o mais ( aura e' qdo vc ve umas coisinhas voando nos olhos, pergunta se a sua filhinha ve) e ja' tentei muitos tratamentos inclusive um com o Amato -que e' um antidepressivo - realmente esta' e' uma pratica comum. Nao fica lerdo ou avoado com o remedio, a gente fica normal, so' que eu tb detesto remedio e nao segui adiante. Eu identifiquei o que me da' enxaqueca- no meu caso e' sair da rotina - por exemplo dormir ou acordar numa hora diferente que estou acostumada ou ficar um dia sem refeicoes equilibradas ( no outro dia e' batata).
Depois de muita pesquisa eu achei um artigo(depois se vc quiser eu posso procurar pra vc aqui em casa)
de que a enxaqueca esta' relacionada com a alimentacao. Verdade ou nao ,qdo me alimento melhor (frutas , verduras e legumes) fico tempos sem enxaqueca.
Espero ter ajudado!
Ate' mais!
Juliana

Marilisa disse...

É amiga, veja uma segunda opinião, ou até terceira e quarta se for necessário. Peça uma ressonância magnética, que é chatinha de fazer, ainda mais em crianças, mas é o melhor exame. Peça que verifiquem se existe presença de secreções nos seios da face, pois muitas vezes pode ser uma sinusite...Como o local é de pouca vascularização a medicação demora mais a chegar ali e a dor se torna mais constante...
Meu marido convive com a enxaqueca há mais de 25 anos e nunca teve um diagnóstico preciso. Existe um medicamento, à base de ibuprofeno, que ele usa hoje em dia que combate a dor rapidamente. Se quiseres posso te passar o nome e ai tu conversa com a médica para ver se ela pode usar.
Um beijinho nela por mim, pois dor é brabo, mas em criança é pior...
bj

Elen disse...

Nesse caso acredito q precise de outra opnião medica

estranho esse tratamento

abraços cheirosos

Ana Afonso disse...

Dri, a enxaqueca não é uma dor de cabeça qualquer e o tratamento inclui mudanças alimentares, e sim, antidepressivos e anticonvulsivantes (o que se chama de remédio para epilepsia).
Tratei minhas crises por mais de 20 anos e fui sendo medicada com o que ia aparecendo como mais moderno. Não vicia, mas é preciso fazer avaliações periódicas. Se não fossem os remédios que tomei com certeza minha vida teria sido pior... Peça mais uma opinião médica, compare as indicações, mas não tenha preconceito com os remédios.

Bina disse...

Oi Dri....acho q fizeste o certo, procure outras opiniões mesmo, tem varios fatores que podem levar a uma dor de cabeça, leve ao oftalmologista, ou até mesmo fazer exame de sinusite, tudo menos dar anti- depressivo.
Beijossssssss

Anamaria - mãe feliz e babona disse...

QUerida, não faça isto! Um neuro seguindo esta linha quase me matou. Eu comecei a ter alergia aos milhares de anti inflamatórios que ele me passava e ele só aumentava a dosse...sinceramente de nada adiantou.

O que me ajudou foi acupuntura e o que resolveu mesmo foi seguir a alimentação, exercícios e recomendações de sono do Dr Alexandre Feldman. Não vou falar que é fácil já que corta todo açúcar e industrializado...mas funciona!

Ele tem um livro sobre o assunto e está tb no Facebook. O site dele é enxaqueca.com.br Deve ter ainda algum depoimento meu lá. Mudou minha vida!

Maira disse...

Dri na minha opinião de totalmente leiga no assunto enxaqueca, mas sou mãe né, rsrsrs., acho que vc. agiu muiiiito bem de não comprar o remédio logo de cara.
Já foi descartado todas as outras possibilidades que as amigas acima colocaram coluna/sinusite a tem dente tb. "mordida invertida" da muiiiita dor de cabeça, procure mesmo uma 2ª e se for o caso 3ª opinião, quem sabe algo alternativo acupuntura/homeopatia.
Essa semana li esse post e acho que vc. vai gostar a Mari é especialista no caso http://contosmamaepolvo.blogspot.com/2011/08/xo-enxaqueca.html
da uma lida.
Bjs. e boa sorte (vai nos contando tudo).

Amábile - Mãe de dois disse...

Gi tem enxaqueca amiga , a pediatra disse que qto menos remedi melhor , atividade física e que nessa idade é geralmente ligada ao consumo de algum alimento .
Minha irmã cuidou da dela que era mortal com homeopatia . Funcionou muito bem raramente tem crise.
Jair tem e foi restringindo o consumo de chocolate a noite e só comendo os com 70% cacau - chique ele - que melhorou , ainda tem e quando tem, menos remédio é mais eficiente.
Investiga mais , concordo que remédio pra depressão é demais . Se quiser te passo o tel da neuro que atende o Jair ,é excelente tb atendeu meu enteado que tb tem enxaqueca e chegou a ser medicado como crise epilética num determinado momento de enxaqueca pode ?
Bj
amábile

Norma disse...

Minha querida...eu tenho enxaqueca e das brabas...fico com a visão turva, com metade do corpo fomigando ou dormente, confusão mental...alteração na fala ( penso em falar uma coisa e falo outra)...e a dor de cabeça que qse me mato...E depois de uma crise depressiva...e consequente mente fazendo uso de antidepressivo...(pasme) as crises de enxaqueca reduziram a 1/3 do que era antes !!!! Dai curiosa como sou perguntei ao psiquiatra e ao neurologista e me disseram a mesma coisa...antidepressivo é usado sim pra tratar a enxaqueca. Tenho meu meu blog uma seguidora a Angela que sofre do mesmo problema e se trata tbm com antidepressivo. Mas cada caso é um caso...vale a pena procura uma segunda...terceira...quarta opinião...o que não pode é ter duvidas..Bjo!!!

Norma disse...

Ahhh Dri esqueci de te dizer..o antidepressivo que tomo não me deixa lerdinha...nem altera nada no meu comportamento..E qdo fui no neuro ele me disse que a minha enxaqueca era um disturbio quimico no cerebro..por ser quimico não aparecia em nenhum exame...fiz todos tomografia, ressonancia eletro...fiz tbm uso desta tabela de dores...marcando dia intensidade e duração da dor..

ValLindinha disse...

Tenho uma amiga com enxaquecas fortíssimas e ela tomava antiinflamatórios, anticonvulsivantes e antidepressivos. Isso sem crise, pq em crises fortes precisava tomar morfina.
Enxaqueca é o efeito de um quadro neurológico. Observe a alimentação dela quando tiver crise. Muitas vezes o alimento é o que dispara o quadro de enxaquecas: chocolate e café são muito comuns mas um médico me disse que um paciente seu tinha enxaqueca com cenoura! Se vc não quer tratá-la com medicamentos tão fortes, uma alternativa é evitar situações que favoreçam o quadro

Eduarda Ribeiro disse...

Oii Dri!

Obrigada pela visitinha, e aquelas meninas
são meus amores mesmo...hihi

Quanto a enxaqueca eu tenho... Mas minha
médica nunca me mandou tomar nada disso
pra tratar! Recomendou beber muuuuuuita água,
muita mesmo sabe, me encaminhou para uma nutricionista
pra eu seguir uma dieta correta para o meu corpo e falou
pra eu procurar alguma atividade que me desse bastante
prazer,que foi a dança do ventre!

Quase nunca sinto enxaqueca agora, e quando sinto
bebo bastante água e no máximo tomo uma Neosaldina!

A enxaqueca melhora muito com a alimentação
correta para a pessoa.
Beeijo

Dani disse...

Eu tenho enxaqueca e estou em tratamento, quando fui ao neurologista fizeram a mesma coisa, pediu um exame (acho que ressonância) e uma agendinha com os dias das dores. E já tomei dois tipos de remédio, um para ataque epilético e agora tomo um que é para a pressão, me dei melhor com o último. O primeiro me deu muito sono e engordei, esse último já não senti tanta reação, e melhorou bastante as dores de cabeça.
Espero que de tudo certo com a pequena.
Beijos

jordania disse...

Dri boa tarde, olha comentarios de pessoas leigas realmente sao muito perigosos,as pessoas emitem opinioes sem ter noçao do q estao falando, vou relatar minha experiençia com um anticonvulcivo o topiramato,sofro com fortes dores desde que lembro da minha existencia e nenhuma medicaçao ajudou,as dores pioravam na TPM. Mes passado mudei de ginecologista ela me falou deste medicamento me disse como agia e q iriamos fazer uma experiencia por 30 dias na dosagem minima,fui buscar informaçoes na net e vi de tudo, fiquei um pouco apreensiva mas decidi arriscar começei a tomar no meio de uma crise intensa , fiquei 15 dias sem dor algunha,mas passados alguns dias a dor voltou só que com uma intensidade bem menor, nao tenho mais dores insuportaveis cmo antes, ainda n aumentamos a dosagem continuo com a dosagem minima (é preciso 30 dias p mudar).Quanto a sua filha é claro q por ser uma criança é necessario outras avaliaçoes medicas, espero ter ajudado bjs (AH E QUANTO AOS EFEITOS COLATERAIS MUITO COMENTADOS NOS BLOGS Q VI, N TIVE NENHUM SINTOMA, TALVES SEJA PQ A DOSAGEM SEJA PQNA, MAS DEPENDO DO EFEITO TENHO CERTEZA Q CONPENSA PQ SENTIR DOR É MUITO RUIM)

Musa Magalhães disse...

Dri, pode parecer empirismo, mas ACABEI de vir do almoço com uma amiga e ela falou q a enxaqueca melhorou muito com água! Já percebeu se ela está tomando bastante?

Beijos!

Viviane Alves disse...

Eu mesma. Sofro de enxaqueca desde mais ou menos 6 anos de idade.
Minha mãe tentou tentou e nada, fizemos vários tratamentos na infância.
Cresci com ela e continuo fazendo tratamentos constantes, mas nada de resolver definitivamente.
Espero q hj com novas técnicas da medicina vcs consigam descobrir o tratamento certo para sua filha e ela consiga se livrar de vez desse mal!
um ótimo final de semana
bjks
Vivi
www.viviass.blogspot.com
www.meublogdereceitasfavoritas.blogspot.com

Georgia disse...

Dri vc fez muito bem.
Estranho ela vir com esses medicamentos tao fortes antes de tentar mudar o sistema alimentar.

Olha meu filho tem de vez em quando enxaqueca e ele tem 12 anos. Há 4 mais ou menos ele a tem. Eu a tive durante 13 anos e agora que entrei nos 50 anos ela passou e só tenho levemente uma dor de cabeca a cada 3 meses.

Mas olha mudamos todo o nosso regime alimentar.

Coisas que causam dor de cabeca ou enxaqueca para quem tem tendência:

Chocolates, amendoins, beber pouca água. Na idade dela já se deve beber ao menos 1,5L.
Comer pouca carne vermelha. Dormir cedo e praticar algum esporte.

Outra coisa que estou dando ao meu filho sao pastilhas de enzima de papaya. Como por aqui nao temos papaya. ele e eu comemos 3 pastilhas por dia. Dê a ela mamao todos os dias. A enxaqueca é proveniente de mal funcionamento dos intestinos e muitas das vezes o intestino nao funciona direitinho por falta de lubrificacao, isto é pouca água.

Anote o que ela come para depois vc fazer um balanco. Qqr coisa te ajudo pois nesse assunto já virei médica, rs.

Bjao

Diário da mãe e da filha disse...

Sinceramente, eu não conheço ninguem que tomo remédios fortes assim, quando está com dores de cabeça. A Ingrid essa semana (esta com 12 anos) está reclamando de dor de cabeça, estou pensando em levá-la ao Neurologista. Acha boa ideia?

Beijos

Kristal disse...

Dri, eu tenho enxaqueca desde os 5 anos de idade, hj tenho 45 anos. Há varios fatores que desencadeiam uma crise, como :
Alimentos: salsicha, abacaxi, chocolate, banana,sucos industrializados, etc
Cheiros: perfumes, gordura, cheiro de fritura, cigarro, etc.
Outros fatores: tensão, nervoso, cansaço, dormir mto, dormir pouco, viajar de carro, viajar de avião.
Bem praticamente minha vida por mtos anos foi super restrita, ate hj qdo me falam em viajar fico arrepaida, detesto.
Minha enxaqueca vem acompanahda de aversao ao barulho, a sons, cheiros, e enjoos acompanhados de vômitos.
Ja fui em varios medicos, mtos me disseram q eu controlasse a crise com paracetamol, outros com sumatriptanos, e outros me receitaram este tal remedio q vc falou p/ epileticos.
Claro q nao tomei, mtos neuros sao favoraveis a se tomar antidepressivos, eu nao tome e nunca tomei. O jeito é ir controlando as crises como dá, melhor q se entupir de remedio controlado. Isso no futuro (os remedios controlados) podem trazer serios problemas p/ ela. Bjs

maria ester moraes disse...

olha, quanto aos exames, ela pediu correto, não vejo necessidade de ressonância ou tomografia. Mas quanto aso remédios, acho um exagero e você agiu corretamente em não comprá-los! Procure outra opinião. Minha prima sofre de enxaqueca e faz uso de fitoterápicos (não sei os nomes)e remédios comuns também, tem resolvido.

Ellen Lacerda (Elinha) disse...

Oi Dri, sou a Ellen e tenho enxaqueca nem me lembro de quando começou, era muito nova.
No início desse ano, procurei um neuro e ele me passou antidepressivo, o nome é nortriptilina ou pamelor, faz parte do tratamento e é comum se usar esse tipo de medicação.
Olha, eu sentia dor de cabeça todos os dias, com crises de enxaqueca 3x ao mês, e hoje as crises são raras, e a dor diária praticamente desapareceu.
No início, o tratamento com essa medicação me deixou sonolenta, mas isso não durou nem uma semana, depois normalizou.
Enxaqueca não tem cura, portanto o médico me disse que terei que fazer tratamentos durante toda a vida, sendo que serão alguns meses com medicação e alguns meses sem.
No momento, depois de seis meses de tratamento, estou para retornar ao médico para retirada da medicação, segundo ele, passarei seis meses sem tomar e após esse período, dependendo da frequencia da dor, retornarei a medicação.
A dosagem que eu tomava, devido ao meu peso 42kg, era a mais baixa, 25mg, geralmente utilizada para crianças.
Essa doença é difícil de lidar e de domar, mas acredito que vc está n caminho certo. Consulte quantos especialistas julgar necessário até sentir segurança no tratamento
Qualquer coisa estou as ordens.
Um xero.

camilacdias disse...

bom, eu tenho 22 anos e já fiz um tratamento pra enxaqueca com anti depressivo em uma dose bem baixa...
não adiantou nada!

Neemias disse...

Olá. Gente. Achei o post da maior importância, pra que todos saibam como agir nesses casos.

Bem, minha esposa, sofre desse mal e vem se medicando sempre com o que os médicos mandam, porém, suas crises sempre voltam. (há quem diga que não há cura pra enxaqueca).
Mas não é pra se assustar quando um médico receita um anti-depressivo. Bom mesmo é procurar uma 2ª opinião, mas pode ser que a resposta do 2º médico seja parecida, uma vez que a enxaqueca, em muitos casos está ligada a tensão nervosa.
Minha esposa, recentemente passou por um tratamento, pra curar (ou tratar) uma depressão, que a acometeu, desde a morte de seu pai. E sabe o que aconteceu? Enquanto tomava esse remédio anti-depressivo, (por alguns meses) não teve uma crise sequer.
Portanto, não deixem de fazer o que o médico mandar, apenas por medo. Procure conversar com ele, e se preferir, procure outro, mas é normal que receitem um antidepressivo sim.
Abraços a todos e SAÚDE!
Deus abençôe a todos.

Vanessa disse...

Olha flor,desde os meu 8 anos de idade é que sofro disso hoje tenho 24,lembro que quando eu tinha mais ou menos uns 14 anos eu fui no neuro e ele me receito um remédio para epilepsia tomei por 3 meses que foi o recomendado lembro que ñ me deu nenhuma reação forte,mas foi ótimo sinto ate hoje mas é só quando estou para menstruar,a cinco meses que descobri que tenho intolerância a lactose isso tbm me afetava,hj evito tudo que é derivado de leite e não tive mais crises de enxaqueca!!!!beijooo

Anônimo disse...

Tambem tenho enxaqueca desde criança.. mas na epoca não sabiamos o que era, e devido ao fato de eu ter olhos claros, a primeiro suspeita foi de problema de visão..usei oculos por quase 2 anos sem nunca ter precisado. Eu descobri por mim mesma que era enxaqueca e fui ao medico pra confirmar..ele confirmou e passou remedios para crise, que pra mim, não resolviam nada. voltei e ele me recomendou remedio tarja preta para dormir q tambem serve para outras coisas serias..não viciei, hj nem tomo mais o remedio..e ficava mole, pq era um remedio para dormir..soh tomava a noite, e não a qualquer hora.

Paulo disse...

Uma substância (medicamento) pode ter mais de uma função, a medicação profilática (para evitar o problema) está adequada para alguns tipos de enxaqueca (existem vários). Peço aos blogueiros cuidado ao sugerir tratamentos. Não existe medicamento "forte" e sim adequado a situação e ao paciente. Você deve procurar uma segunda opinião sempre que tiver dúvidas ou precisar de mais esclarecimentos.

Andressa disse...

Ola!
A história da sua filha com a enxaqueca é bem parecida com a minha. Sofro desse mal desde os 13,14 anos, crises quase que diárias com sessões de vômito, fraqueza e outros, que duravam um dia inteiro e passando pro dia seguinte. Pois bem, também fiz ressonância, tomei antidepressivo e mais alguns remédios que não fizeram efeito algum. O que melhorou e muito esse meu problema foi quando fiz algumas sessões de acupuntura e tomei alguns medicamentos homeopaticos, também identifiquei um agravante na minha alimentação, certos alimentos(no meu caso frituras)ocasionavam crises. Ja faz uns 6 meses que fiz as sessões de acupuntura e uns 3 que parei as vitaminas e homeopaticos, tenho crises apenas quando estou "naqueles dias" e são bem mais fracas que antes..me sinto bem melhor pq consigo ficar até um mês ou mais sem crise alguma.
Bom ja me estendi bastante, espero ter ajudado de alguma forma.

Nárila disse...

Também comecei a ter enxaqueca quando era bem nova, e quando tinha 16 anos um médico me passou anti-depressivo para tratá-la. Tratei por um mês, e minha mãe me fez parar porque, apesar de evitar a dor, fiquei muito boba, realmente não é aconselhável para uma criança.

Gabriel disse...

Olha a minha enxaqueca era das fortes tbm dava um pontinho n vista e depois dor de cabeça depois dava ancia de vomito...e n parava mais de vomita...
A minha enxaqueca parou por um tempo qndo eu começei a ficar mais relaxado e sem stress. ( a causa da minha era por stress)...
Mas eu n precisei tomar remedio... Foi me acertando com o tempo estou a mais de meses sem enxaqueca.

Anônimo disse...

Tenho enxaqueca desde que me entendo por gente. Fiz VÁRIOS tratamentos durante minha sofrida vida de dores de cabeça horriveis e um deles era exatamente este. Mas, segundo minha médica, era específico pro meu tipo de enxaqueca que era um tipo "nervosa" que se dava por conta da minha ansiedade, estresse... enfim, meu nervosismo a causava. Tomei durante anos estes remédios, desde os 12 ou 14, e foi sim o melhor tratamento que tive. Eu chegava a chorar, gritar e as vezes a quase desmaiar por conta da dor. Logo após o inicio do tratamento lembro de já ter uma melhora ENORME no meu rendimento escolar, na minha alimentação, em minha convivência com amigos e família, etc... E não, nunca me viciei por qualquer medicamento da época ou outro que tenha tomado durante o tratamento. E não, eu não ficava grogue, tonto, bobo, sonolento nem nada disso. Parei há algum tempo por vontade própria pois não senti mais necessidade e realmente não sofro tanto mais com dor de cabeça. Quando a tenho, tomo uma Neusa e pronto.

Acredite em seu médico e, no caso de dúvidas, consulte outro. Lembro de minha mãe ter ficado receosa e consultar diversos profissionais que a disseram ser um tratamento seguro se bem administrado. Uma pessoa com enxaqueca sofre demais. Não espere demais pra consultar outros profissionais caso ainda lhe restem duvidas pois cada minuto de enxaqueca é uma eternidade de sofrimento.


Sann

Anônimo disse...

Dinael

Tenho crises de enxaqueca que chegam a durar uma semana...Quando fui ao neurologista, ele disse que uma das coisas que devemos fazer para prevenir a enxaqueca e descobrir sua causa. Qual tipo de alimento desencadeia a cefaléia, queijos amarelos, café, chocolate, comidas gordurosas, refrigerantes, álcool, claridade e sol em excesso, noites mal dormidas, etc... No meu caso café ameniza ou elimina de vez. Porém, certa vez, após seis dias consecutivos de muita dor, resolvi procurar um amigo acupunturista, cheguei à casa dele sem poder levantar a cabeça, com náuseas e muita dor. Ele tratou com agulhas auriculares e em instantes, impressionantemente a dor se foi. Saí de lá sorrindo e brincando, coisa que quando cheguei nem podia pisar no chão! Desde então,tento prevenir com medicamento quando sinto que pode começar a doer mas se atacar de vez, não tomo nem um comprimido, vou direto à acupuntura. DETALHE: Após aquela sessão de acupuntura auricular, fiquei quase um ano sem ter dores de cabeça!
Espero ter sido útil.

Anônimo disse...

Olá!
Eu não tenho exatamente enxaqueca, só crises fortes repentinas (causadas por stress), mas minha mãe tem enxaqueca.

Até agora nada funcionou eficientemente, apesar de q tem alguns alimentos q fazem com q ela tenha enxaqueca (banana crua, cebola crua, conservas em geral, molho tártaro etc), funcionou um pouco o tratamento homeopático e Advil nas crises fortes. A homeopatia varia de pessoa pra pessoa; comigo, por exemplo, não funciona, mas com a minha mãe funcionou. É o caso de vc tentar, se desejar. Acupuntura e yoga podem ajudar tb.

Assim, eu não sou médica e nem vc é médica (eu acho, não sei! hehe). O médico estudou e sabe o que pode fazer mal e o q não pode. Ele nunca iria receitar algo q fizesse mal, não concorda? Só que vcs, mães, tem um sexto sentido! hehehe! Então, sugiro fortemente que procure outra opinião.

Não gostou, procure outro médico. Não gostou de novo? procure um terceiro, até um 4º, se necessário.

E vá observando a alimentação, produtos e situações do dia a dia da sua filha. Coisas com gordura demais (muitas das cefaléias tem a fonte no fígado, não na cabeça, isso pode piorar as crises), alimentos crus, frutos do mar, amendoim, algumas frutas, perfumes, protetores solares, cabelo preso por muito tempo (parece mentira, mas isso tb atrapalha), bullying, miopia/hipermetropia/astigmatismo, friagem... enfim, tem uma série de situações/produtos/alimentos q podem gerar a enxaqueca.

Outra sugestão: se a cefaléia da sua filha está bem moderada no dia (ou seja, se ela aguenta a dor com certa facilidade), evite medicar. O corpo vai acostumando e chega uma hora que não basta mais a dose. Eu sei q é complicado ver quem a gente ama com dor, mas ja tive experiência com dosagem cada vez mais alta...

Olha, boa sorte pra vc e pra sua filha. Paciência e perseverança.
Um abraço!

Anônimo disse...

Oi eu sofro de enxaqueca tmb fiz varios exames procurei mais de uma opinião, creio q por ela ser muito novinha tenha que procurar uma segunda opinião, eu tomo o remedio eAmato ele tem varios efeitos colaterais mas sentir a dor todos os dias é mto pior do q no inicio ficar tonta,perder as palavras coisas assim que logo passou, ainda tenho dores mas n com tanta frequencia e é bem melhor tomar o medicamento do que ficar sofrendo

procura outros medicos mas não deixa ela com dor é muito ruim sentir dor todos os dias se tem medicamento para evitar isso pq não e a alimentação ajuda um monte tem q cuidar tmb

Breatheless Tales disse...

Sofro com dores de cabeça desde os cinco anos. Bem, o que percebi é que ao longo da minha vida as causas foram se modificando e eu venho adaptando-me a elas e retirando da minha vida o que provoca as dores. Mas uma segunda opinião é interessante sim.

bia steiner disse...

olá... eu tenho crises de exaqueca á 4 anos e no inicio não fiz nenhum exame e o medico me receitou antidepressivos como profilaxia, é mais fraco que os convencionais e nesse medicamento tem composisões que ajudam a diminuir as crises, mas não me fez bem... eu fiquei com mto sono, então ele me deu um para pressão alta só que também com dose mais baixa, tomei este medicamento por 1 ano, e agora não tomo mais nada e minhas crises diminuiram, de todos os dias para uma a cada 4 meses, eu parava no hospital cada vez que me dava uma crise. agora graças a Deus estou muito melhor. mas procure outras opiniões sim. e peça medicamentos mais fracos, pois ela só tem 10 anos, muito nova... tenque tentar descobrir da onde vem essas crises de enxaqueca dela. abraço. Bianca

Adriana Balreira disse...

Dri,
Sofro há anos de enxaqueca e faço sim tratamento com neurologista e tomo antidepressivo + remédio para pressão alta, detalhe, minha pressão é baixissima. Mas o remédio para pressão é para enxaqueca. E já tomei esse anticonvulsante, mas não me dei bem.
É assim mesmo os tratamentos para enxaqueca, vamos testando qual é a melhor forma para tratarmos. Com remédio para eplesia, antidepressivo, pressão alta. Já fiz diversos tratamentos. Até a minha enxaqueca melhorar. Faço o diário da enxaqueca sempre para mostrar a neurologista.
Mas te entendo porque da primeira vez que fui a um neuro e ele me passou antidepressivo, só faltei chama-lo de louco. E lógico que não tomei. Mas depois de tanto ir a médicos e a essa médica que já vou há uns 10 anos, já faço os tratamentos certinhos como ela manda. E dá certo, viu. Já tentei de tudo: yoga, acunputura, exerc. fisicos, alimentação... Enxaqueca não tem jeito. É genético, temos que tomar esses remédios para ter menos crises de enxaqueca.
Beijos
Adriana

Anônimo disse...

Prezada, eu tenho dor de cabeça desde criança. Porém, na minha infância nunca nenhum pediatra diagnosticou 'enxaqueca'. Com o passar do tempo minhas dores se tornaram mais intensas e diárias. Já na fase adulta, após nada ser diagnosticados em tomografias, ressonâncias, o neurologista diagnosticou que tinha enxaqueca. No início achei estranho tomar remédios antidepressivos. Cheguei até a trocar de médico, porém o remédio estava correto para o meu tratamento. Já troquei de medicamento 3 vezes, e todos são antidepressivos. Eles deram um pouco de sonolência, mas minhas crises melhoraram muito. Desejo que sua filha faça um bom tratamento para aliviar as crises.
Boa sorte! Li

Anônimo disse...

Também uso remédios anti depressivos para dor de cabeça, e tenho apenas 16 anos, não sinto nada de diferente até porque a dose do medicamento é bem baixa, e realmente esse medicamento ajuda na dor de cabeça crônica. Acho que se o médico receitou, ele sabe o que está fazendo, então, não vejo nada de errado em você dar esses medicamentos para sua filha desde que a dose seja baixa.
Espero que tenha ajudado.
Beeijos ;*

Anônimo disse...

Acho que sua filha merece melhorar por que ninguem merece sofrer com essa dor de enxaqueca, tenho ela e é muito sofrimento pra uma criança..ela nao merece passar toda essa fase de adolescente até a fase adulta sem tratamento porque a mae tem preconceito com os medicamentos que a anos são estudados e indicados para as doenças..se não melhorar terão outros até encontrar um que fará ela se sentir bem e feliz. Por que se você não ajudar ela agora, com certeza mais tarde ela vai procurar ajuda sozinha..é terríiveeelll as crises fortes..

Anônimo disse...

Eu tenho 21 anos, faz um ano que sofro de enxaqueca, já fiz vários exames e não deu nada, a dor é insuportável chego até vomitar.
Os médicos que eu passei já me passaram vários remédios até antidepressivo, mas ate agora não adiantou nada, não sei mas o que fazer para dor acabar, os remédios que tomei são muito fortes, eles são:
Amytril (amitripitilina), Depakote, Amatto com naramig, sertralina e sumax, nenhum fez o efeito desejado, estou querendo ir em outra médico ver a opinião dele e estava pensando em fazer acupuntura talvez daria certo, rezo muito e espero que essa dor passe!

Anônimo disse...

Tenho 49 anos,sofro com dor de cabeça constante,mas sempre achava que era tensão pré-menstrual,agora que entrei na menopausa as dores de cabeça continuam,consultei um neurologista ele me receitou uma injeção Duodecadrom e Pamelor,mas o pamelor tem me dado várias reacões,será que esse medicamento resolve a dor de cabeça? Continuo tomando o Pamelor,pelo menos não estou tendo dor de cabeça mas as reacões como tontura,sonolência não está legal!
Quanto a vc ia em outro médico ver outra opinião!

Anônimo disse...

Tenho 26 anos, sofro com a enxaqueca desde o 6 anos. Sim, é comum crianças terem enxaqueca, e no meu caso é genético pois minha avó tinha a mesma dor. Quando eu era criança as crises eram raras, mas eu passava muito mal.Quando eu fiquei menstruada ai que a danada veio com tudo, as crises se tornaram mais frequentes, era terrível. Sempre fui a neurologistas, oftalmologistas etc.. Enfim, uso óculos mas não resolveu o problema. Tomei e tomo vários medicamentos. Tomei antidepressivos durante muitos anos, mas nenhum remédio conseguiu efetivamente curar a enxaqueca. Enfim, agora estou partindo para tratamentos alternativos como a homeopatia e estou com muita esperança de que funcione. Muitas pessoas já me falaram que acupuntura funciona bem para quem tem enxaqueca, e agora existem alguns planos de saúde que cobrem esses tratamentos alternativos. Acho que vale a pena tentar esses tratamentos antes de partir para os medicamentos.

Anônimo disse...

Bom dia. Ontem fui ao cardiologista. Porque a uns ddias atrás estava Com foformigamento na boca e no braço e Sor na cabeça ai ele me passou Depakote pra tomar, mas não disse exatamente o que eu tinha, o que será que pode ser ?

Anônimo disse...

Oi, Dri! Também me chamo Dri! Este é sim o tratamento atualmente indicado para enxaqueca em adultos. Quanto a crianças não sei. Mas eu tinha crises de enxaqueca +- 10 dias por mês. Depois que comecei a tratar com Sertralina (antidepressivo) com pequenas dosagens, há DOIS ANOS já não tenho enxaqueca... agora posso abusar dos alimentos desencadeantes (chocolate, queijos, vinho, feijão, refrigerantes - embora esses eu não tome!). Consulte-se com outros médicos sim, mas os mais atualizados e bem informados consideram este tratamento com atidepressivos o mais eficaz. A forma como eles agem no organismo é que impede a dor. No caso da Sertralina que tomei, o fato de ela inibir a recaptação da serotonina é que causa a "CURA" da enxaqueca. Na verdade o controle!

Related Posts with Thumbnails

Blog Dri Viaro - Família, viagens, gastronomia e cotidiano © 2008. Template by Dicas Blogger.

TOPO