Mostrando postagens com marcador eua. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador eua. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 14 de março de 2017

Kennedy Space center



O Kennedy Space Center é um parque bem diferente e muito interessante para visitar na Flórida.

Meu filho e marido se deliciaram a cada momento! As atrações retratam bem o que os astronautas viveram e o que ainda vivem.




No dia que visitamos o parque, estava previsto o lançamento de um foguete, então a emoção já começou na estrada, onde muitos haviam parado os carros no acostamento para ver o lançamento. Infelizmente o lançamento não aconteceu naquele dia.




O parque tem grande variedade de atrações explicativas e tudo o que você vê lá dentro é real. Digo as peças, roupas dos astronautas, a empolgação de ver esse "mundo" é forte!




Não deixe de pegar o ônibus e ir visitar as instalações da NASA, o local de onde são lançados os foguetes. Um passeio muito legal, que você vai se surpreender! Após esse passeio, você desembarca do ônibus e confere atrações imperdíveis! 







Lá você também pode participar de uma experiência como se estivesse dentro do foguete de lançamento. As sensações são incríveis e não tem como descrever, só sentindo mesmo!


Vale muito a visita, principalmente para os homens que gostam muito desse universo espacial ;)

segunda-feira, 30 de maio de 2016

Guia básico de viagem ao exterior



Antes de pensar em viajar para o exterior, primeiro é preciso tirar passaporte e visto americano caso a viagem seja para os EUA como já mostrei para vocês aqui no blog.

Feito isso, você precisara de um plano de saúde internacional, e arrume também uma bolsinha de remédios para levar na mala. Lembrando que o ideal é levar sempre a receita médica para não ter problemas depois.

Alguns países exigem específicas, verifique se o país que você vai, ou se haverá escalas durante a viagem e se é preciso tomar a vacina.

Programe a ida ao aeroporto com horas pelo menos 3 horas de antecedência antes do voo para não ter surpresas como trânsito, e chegar atrasado.

Voos internacionais geralmente permitem 2 malas de até 32 kilos por pessoa e mais uma bagagem de mão, um dia antes de voltar de viagem pese todas as malas para não ter que pagar algum imposto.

Além de levar a moeda do país que você vai visitar, é muito interessante levar também cartões pré pagos e cartão de crédito. O cartão de viagem pré pago, você compra em qualquer casa de câmbio e paga pelo valor que quiser levar, por exemplo quero levar mil dólares, pagarei o valor em real, e terei o valor com mil dólares no cartão pré pago. É bom pois você usa apenas o que levou, acabou, acabou.

E nessa hora é que entra o cartão de crédito, mas lembre sempre que os cartões de crédito cobram IOF, e essa taxa é 6% maior que os dos cartões pré pagos.

Quando chegar no destino, é importante andar sempre com o passaporte, caso seja parado pela polícia não terá problemas. Lembre-se também de guardar um pouco de dinheiro para a volta, no aeroporto você pode precisar de um carregador, e ele vai cobrar para levar as malas, o valor geralmente é meio salgado.

terça-feira, 4 de junho de 2013

Como comprar nos EUA





Muita gente pensa que receber mercadorias dos EUA aqui no Brasil é um bicho de sete cabeças, coisa impossível. Mas não!
Aliás, é muito fácil, além dos preços que são muito tentadores. Ano passado quando estive em orlando, enlouqueci com os preços de roupas, eletrônicos, decoração e comida. Queria trazer tudo na mala, mas não tem jeito, você não pode ultrapassar o peso da bagagem, então tem que se contentar em trazer o que dá.
Mas pensando nisso, pensando em quem não tem como trazer tudo o que quer quando em viagem aos EUA, e em quem ainda não teve condições de viajar para lá, é que a Puntomio criou uma grande facilidade para se fazer todos os trâmites de entrega de mercadorias diretamente dos EUA para o Brasil. O site funciona da seguinte maneira:
-É disponibilizado um endereço físico em Miami, para que o cliente possa enviar suas compras para lá, como se morasse no País.
-A Puntomio recebe a mercadoria.
-O cliente recebe um email avisando que a mercadoria chegou, e o valor do frete que será cobrado em seu cartão de crédito.
-A Puntomio envia sua encomenda para o Brasil, e faz todo o desembaraço alfandegário, pagamento de impostos.
-O cliente recebe outro email, avisando que a encomenda chegou, e o valor do imposto que será cobrado em seu cartão de crédito.

Pronto! Muito fácil não é?
Mas antes de comprar, e ver se realmente vale a pena o preço que vai pagar,  você pode entrar no site e verificar os valores de todas as taxas, para que não haja surpresas depois. Se cadastrando aqui pelo blog Mãe, esposa, dona de casa, trabalhadora, vc ganha 50% de desconto na taxa única de cadastro ;)
Acesse o site e saiba mais!



quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Visto americano, como tirar



Tiramos o visto americano. Primeiro foi o passaporte, e depois de 3 meses, fomos à entrevista do visto.

Eu nem sonhava como isso era feito, já que nunca imaginei que um dia fosse pedir um visto americano. Mas é um saco, sim, é um pé no saco.

Primeiro que você tem que preencher um milhão de coisas, com um milhão de informações de quem é você,  o que vc quer nos EUA, o que você tem, e blá blá blá. O pior é que é tudo em "do you speak english", e como eu não espico inglichi nenhum, quem preencheu nossos formulários foi a Vanessa. (a turista...piada interna).

Tá, então vamos pro primeiro passo que é ter um passaporte. Já tem? Blz. Se não tem depois explico como tira.
Você terá que ir até o site Visto Online e pagar a taxa pra poder agendar sua entrevista. A taxa custa 38,00 atualmente. Após pagar, vc deverá agendar sua entrevista aqui. O tempo é beeeemmm demorado, esperei 3 meses pra entrevista, sorte que eu não tava com pressa.

Após fazer isso, imprima o papel de agendamento da entrevista (atenção, imprima o papel com o nome de todas as pessoas que vão tirar o visto, caso contrário vc terá que pagar 15 conto  pra imprimir um papel lá na frente do consulado. Sim, 15 conto! Guarde para o dia da entrevista.
Agora vc precisa preencher o formulário DS160 que é enviado eletronicamente para o consulado. Essa hora é que é tudo em inglês, e aí vc se ferra fio. Peça pra alguém que saiba inglês, nem tente usar o google pra traduzir. Você precisará fornecer todas, sim todas suas informações pessoais, como onde estudou, qto ganha, onde mora, o que tem, e algumas perguntas extremamente uisques do tipo: Vc é terrorista? (???) Vc vai pros EUA pra se prostituir? (oi?). Vc tb precisará de uma foto 5x7 e atenção, vc não deve tirar essa foto com franja, de lado, sorrindo, etc.... ou não será aceito. Terminou, imprime a pagina de confirmação com códigos de barra de cada um dos requerentes. Pague a taxa do visto no Citibank, é bom fazer isso com até uma semana antes. O valor que pagamos foi de 234,00 reais mas varia pq a taxa custa cento e poucos dólares, aí vai depender do valor do dólar do dia. Ah, este valor é por pessoa, e não por família tá? Me interna!


Daí, vc aguarda alegre e saltitante o dia da sua entrevista. A nossa foi marcada p/ às 10h, porém eu não sabia que 10h era o horário pra passar pra dentro do portão do consulado, ou seja íamos ficar mofando praticamente o dia todo lá. Ah, as crianças não precisam ir junto, e nem leve, senão eles sofrerão por ficar o dia todo lá.

Quando chegamos no portão, uma fila gigantesca. Primeiro que já foi uma bica no estacionamento, 15 reais chorados tá? Pq é mais caro. Enfrentamos a fila, quando chegamos lá pra entrar, a moça disse que o papel do agendamento tava errado, tinha que ter todos os nomes dos requerentes. Ou seja, atravessamos a rua e pagamos 15 reais pra imprimir novamente. Assalto.
Nessa hora foi o Alê lá imprimir e eu fiquei ali já na porta, quando ele voltou com a folha correta a mulher mandou a gente pro final da fila de novo. Lá é assim mesmo, vc pode tá de Prada ou de Nada que se tiver algo errado vai pro fim da fila, não tem boi pra ninguém. Fomos.

Chegamos na porta, demos o papel, olharam minha bolsa, entramos, ficamos em outra fila pra ser verificado o papel da taxa q tinha sido paga. Passamos por isso, e fomos pra fila da revista. Entramos numa porta master de ferro, onde tinham homens armados gritando: mais 2! entravam de 2 em dois, passavam por raio x, laser ou sei lá o que, passava por revista, etc.

Mandaram seguir pela faixa verde (infinita) onde pegamos mais uma fila infinita pra pegar a senha. Pegamos a senha e fomos pra outra fila pra pré-entrevista. Nessa hora vc só dá o passaporte, a foto 5x7 e o comprovante q foi pago a taxa do visto. O atendente só pergunta se sua viagem é pra q, turismo.
Aí vc espera mais uma meia hora (ou mais) até q lhe chamem pra confirmar suas digitais. Porêém, qdo aguardávamos ser chamado, nos chamaram é em um sala pois nossas páginas de confirmação estavam com o código de barras cortado. Ferrou! Só que a do Alê eu tinha mais uma q estava certa, então ficava faltando a minha e das crianças. Eles nos deram uma cartinha pra ir lá fora do consulado, naquele outra lado da rua onde metem a faca sabe?, pra imprimir novamente os formulários. Fomos, morremos com mais 30 reais (chorados), voltamos entramos, fomos revistados, fomos pra fila da senha, fomos pra pré entrevista...e ufa, fomos aguardar pra ser chamados p/ as digitais. Mais meia hora. (e nessa hora vc já tá bufando né?)

Fomos colocar as digitais, então fomos enviados pra fila da entrevista. Calma q tá acabando. A fila da entrevista só dava mil voltas, e lá não tem senha, é só fila mesmo, ou vc espera ou vc desiste de viajar e vai pra casa. Ficamos mais de uma hora e quando chegou nossa vez:

-Boua tarde (pensa num americano abrasileirado, oi?)
-Vcs já estiveram nos EUA?
-Não
-Vão somente visitar essa cidade, ou pretendem ir pra mais alguma cidade
-Só essa. (mentira, vamos tb pra outras cidades, mas pra q complicar né? hehe)
-Quem vai pagar a viagem?
-Ele (ele) Nós.
-As crianças estudam em colégio público?
-Não
-Qual a profissão do senhor, ela tb trabalha, qual sua profissão? Trouxeram imposto de renda?
-Siiiimmmmm (leve todos os documentos que vc imagina q existam nessa vida meu povo, eles podem pedir qualquer coisa q der na telha, ou pedir nada tb, no nosso caso, (cara de pobre) pediram o imposto de renda.
-O visto foi concedido, só fica em haver as fotos das crianças (pq a Teté tava de franja na foto, e Alezinho com rosto meio de lado) q vcs devem enviar pra nós por sedex, ou trazer pessoalmente.

UFA!
Passamos.

Aí chega a hora de vc enfrentar a última fila, q é a pra pagar o sedex, pagamos 21 reais, pra q os passaportes sejam enviados no conforto do nosso lar..

Pensei que o pessoal do consulado fosse mau educado etc, mas não são. Eles são apenas diretos e não brincam em trabalho.
Perdemos um dia de trabalho, mas agora tb temos um visto pra 10 anos, né?  ;)

Related Posts with Thumbnails

Blog Dri Viaro - Família, viagens, gastronomia e cotidiano © 2008. Template by Dicas Blogger.

TOPO