quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

9 curiosidades sobre as McFritas

Diz pra mim que você como eu também não ama a McFritas do McDonalds? Aqui em casa somos fãs! Aliás o McDonalds já nos salvou muitas vezes em viagens para fora do Brasil, e novamente nos EUA esse ano, adivinha quem vai comer McDonalds em Miami? hohoho

Agora amei saber sobre essas 9 curiosidades sobre as McFritas, confere só!



1. História: As McFritas foram introduzidas no cardápio da rede em 1949. Antes, eram servidas batatas chips.

2. Consumo: Só em 2016 foram consumidas 32 mil toneladas de batata pelos consumidores do McDonald’s no Brasil, o equivalente ao peso de aproximadamente mil carretas com dois eixos.

3. Megamente: As McFritas já foram servidas no tamanho MEGA, estilo “tamanho família”, em março de 2016.

4. Premium: As tradicionais fritas já adotaram a versão batata rústica, inspiradas na França, com cortes mais grossos e temperadas com páprica e especiarias.

5. Minions: As McFritas já até ganharam a forma dos personagens Minions, do filme “Meu Malvado Favorito”.

6. Preparo: As batatas são preparadas em óleo 100% vegetal, à base de algodão e soja.

7. Origem: As McFritas servidas no Brasil são produzidas na Argentina.

8. Design: Em 2014, pela primeira vez na história da companhia, as tradicionais caixinhas vermelhas das McFritas foram alteradas por 12 ilustrações de artistas urbanos, em uma ação especial para a Copa do Mundo.

9. Cheddar&Bacon:  As McFritas já foram servidas com Cheddar e Bacon, em sua primeira embalagem aberta, em forma de pratinho.

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Feliz 2017!




Olá pessoal, tudo bem?

Mais um ano se inicia, e com ele as novas possibilidades! Vamos fazer de 2017 um ano cheio de viagens, receitas, boa gastronomia, família unida e estudos em dia!

Por aqui estamos de férias, mas nossa viagem de férias acontecerá realmente em Fevereiro, quado estaremos retornando à Orlando. Tem dicas boas?  Me envia um comentário ou um email ;)

Agradeço a companhia de todos vocês durante 2016 e que possamos estar juntos e misturados em 2017!

Fica de olho porquê esse ano teremos muitas novidades aqui no blog. E você que adora um reality, me adiciona no snapchat (driviaro), no instagram @blogdriviaro e na página do facebook do blog!

Vamos juntos, vamos com sucesso, amor, paz e alegria!


Beijos, beijos

Dri!

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Merengue de chocolate com frutas de estação



Essa receita de merengue de chocolate com frutas da estação além de ser fácil, é deliciosa! Fizemos em uma aula lá na cozinha da Nestlé essa semana, para conferir a super novidade do novo portal de receitas que está incrível e com diversas receitinhas passo a passo.

Agora compartilho aqui, a receita que pretendo fazer para o natal ou ano novo, confira!


Merengue de chocolate com frutas da época




Merengue:
4 claras
1 xícara (chá) de açúcar
1 colher (chá) de amido de milho
3 colheres (sopa) de Chocolate em Pó DOIS FRADES®

Recheio e Finalização:
1 e meia xícara (chá) de Leite Líquido NINHO Forti+ Integral
1 colher (sopa) de amido de milho
1 e meio tablete de NESTLÉ CLASSIC® Meio Amargo picado (225g)
frutas da época, para decorar (figos, uvas sem caroço, nectarinas, ameixa fresca etc)



Merengue:
Forre uma fôrma grande, de bordas baixas com papel-manteiga de uso culinário e marque um círculo de 22 cm de diâmetro. Em uma panela, misture as claras e o açúcar e leve ao fogo baixo, mexendo vigorosamente sem parar, por cerca de 3 minutos, tirando a panela do fogo por alguns instantes a cada minuto, continuando a mexer para não cozinhar. Transfira para uma batedeira e bata até dobrar de volume e formar um merengue consistente. Misture delicadamente, aos poucos, o amido de milho e o Chocolate em Pó DOIS FRADES. Coloque a mistura sobre o papel-manteiga e, com auxílio de uma colher grande, preencha o círculo, abrindo uma cavidade, levemente mais funda, no centro. Leve para assar em forno baixo (160°), preaquecido, por cerca de 1 hora ou até que esteja seco por fora. Deligue o forno e deixe que esfrie lá dentro, com a porta entreaberta.

Recheio e Finalização:
Em uma panela misture Leite NINHO, o amido de milho e o Chocolate NESTLÉ CLASSIC e leve ao fogo baixo, mexendo sempre, até engrossar. Retire do fogo, espere esfriar, coloque o recheio sobre o merengue já frio e cubra com as frutas.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

15 museus brasileiros que valem a viagem!


Já que as férias estão chegando, confira essa lista de 15 museus que vale a visita ;)



1 - Instituto Inhotim, Brumadinho (MG)
Considerado o maior centro de arte contemporânea a céu aberto do mundo, o museu é cercado por um belo jardim botânico que valoriza sua área e possui mais de vinte galerias com obras de artistas de diferentes nacionalidades. As mostras, que mudam de acordo com a curadoria do museu, estimulam a participação do visitante. O museu fica em Brumadinho, cidade mineira colada em BH.

É um museu histórico e artístico que ocupa a antiga Casa de Câmara e Cadeia de Vila Rica e mais quatro prédios auxiliares na cidade de Ouro Preto. A atração é um grande complemento para entender um dos episódios mais controversos da história do Brasil: a Inconfidência Mineira. No total são 16 salas temáticas, que abrigam os restos mortais dos inconfidentes e as supostas travas da forca de Tiradentes. Pra aliviar o clima mórbido, há obras de Aleijadinho complementando o acervo. No total são mais de 4 mil peças que retratam praticamente todas as esferas da vida sócio-cultural mineira dos séculos XVIII e XIX.

As instalações são extremamente interativas, com cerca de 700 experimentos de tecnologia para entreter os visitantes. As coleções científicas abrigam um vasto acervo de fósseis, espécimes representantes da biodiversidade e peças provenientes de escavações arqueológicas, que são objeto de pesquisa de mestrandos e doutorandos provenientes de várias partes do mundo.

O museu é dedicado ao pintor gaúcho Iberê Carmago. O acervo é dividido em dois núcleos, o núcleo de obras de arte é composto por mais de cinco mil obras, entre pinturas, gravuras, guaches, desenhos e estudos de Iberê Camargo. A parte documental inclui mais de vinte mil itens, como catálogos, recortes de jornais e revistas, correspondências, cadernos de notas e fotografias relacionadas à vida e obra do artista. O prédio, projetado pelo português Álvaro Siza, também abriga mostras temporárias de arte contemporânea, oficinas gratuitas e um charmoso café.

O museu é uma das principais atrações de Gramado, ideal tanto para os amantes de carro quanto para quem deseja passar um tempo em uma das atrações mais bacanas da cidade. Por aqui, há modelos das décadas de 20, 30, 40, 50 e 60, carros que marcaram épocas e fizeram história nos cinemas.

O prédio, projetado por Oscar Niemeyer, além da vista maravilhosa, tem uma arquitetura que por si só já vale a visita, por ser considerada uma das maravilhas arquitetônicas do mundo. O museu reúne um acervo pequeno, mas significativo, com obras de artistas como Jorge Guinle, Lygia Clark, Amílcar de Castro e Iberê Camargo.

A belíssima casa já serviu como palácio de verão do imperador D. Pedro II. O acervo fixo reúne móveis, jóias e documentos do Segundo Reinado. Em seu entorno, o belo jardim valoriza a construção que vale a visita.

O Museu do Amanhã é um museu de ciências diferente, inaugurado recentemente no Rio, o espaço foi construído na Praça Mauá, centro da cidade, com uma arquitetura moderna e futurista. O Museu do Amanhã oferece uma narrativa que provoca um questionamento de como poderemos viver e moldar os próximos 50 anos.

Mostras temporárias, apresentações de dança, cursos, oficinas e exibições de filmes estão entre os grandes atrativos do museu, que cresceu em popularidade com  exposições renomadas que recebeu nos últimos tempos. Entre elas: a do cineasta Stanley Kubrick, a do músico David Bowie e a do programa de TV infantil Castelo Rá-Tim-Bum. Além disso, o espaço do museu abriga um restaurante badalado que atrai muitas pessoas.

O prédio do Museu de Arte de São Paulo, projetado por Lina Bo Bardi, é considerado um dos grandes cartões-postais da cidade. Seu acervo expõe obras de grandes nomes da arte, tais como Rembrandt, Van Gogh, Monet, Renoir e Picasso. Além do museu em si ter uma arquitetura grandiosa que já vale a visita, a localização é ótima para conhecer a cidade.

A Pinacoteca é um dos mais importante museus de arte do Brasil. O prédio projetado no fim do século 19 pelo arquiteto Ramos de Azevedo fica localizado no centro de São Paulo e abriga mais de 9 mil obras, a maioria delas com foco na arte brasileira. Os quadros “Tropical”, de Anita Malfatti, “Caipira Picando Fumo”, de Almeida Júnior, e “Mestiço”, de Candido Portinari, são os principais itens do acervo.

A localização não poderia ser mais estratégica: o museu está instalado sob as arquibancadas do Estádio do Pacaembu. A experiência é válida tanto para os amantes do esporte como para quem só quer conhecer as instalações interativas que contam a história do futebol.

O espaço é um grande ponto turístico da cidade e recebe cerca de 7 mil visitantes por mês.
É um prato cheio para quem deseja conhecer mais sobre a cultura fascinante do Estado. A concepção artística é a mesma do Museu da Língua Portuguesa de São Paulo. Ou seja: prepare-se para instalações super divertidas e interativas.

Esse museu está na lista dos melhores do mundo e entre os primeiros do ranking de museus no Brasil. O imponente castelo é uma réplica de um castelo medieval europeu que abriga, entre outros itens, mais de 3 mil armas e armaduras provenientes da Europa e Ásia. Além disso, o instituto abriga uma pinacoteca que exibe o maior acervo do pintor holandês Frans Post. 

Popularmente conhecido como "Museu do Olho" por conta da sua arquitetura, o prédio é dedicado a mostras de artes visuais, arquitetura e design. Seu acervo fixo tem obras de nomes como Tarsila do Amaral, Cândido Portinari, Andy Warhol e Di Cavalcanti e é reconhecido por ser um dos maiores museus de arte da América Latina. O museu foi inaugurado em 2002, quando o prédio principal deixou de ser sede de secretarias do Estado e passou por adaptações onde em sua frente foi instalado o popularmente chamado Olho, um anexo de 30 metros de altura feitos de concreto e vidro que imprimiu uma nova identidade ao complexo.

Related Posts with Thumbnails

Blog Dri Viaro - Família, viagens, gastronomia e cotidiano © 2008. Template by Dicas Blogger.

TOPO